Pérez vence GP caótico em Sakhir e Russell brilha, apesar de erro da Mercedes

Depois de largar em terceiro com a Red Bull, holandês Max Verstappen foi prejudicado por acidente e abandonou no Bahrein

Pérez vence GP caótico em Sakhir e Russell brilha, apesar de erro da Mercedes

Após ser tocado e cair para último no começo do GP de Sakhir, Sergio Pérez fez grande prova de recuperação no Bahrein e venceu a corrida deste domingo da Fórmula 1, contando com erros e azares da Mercedes.

O editor recomenda:

O mexicano, que está de saída da Racing Point e procura vaga no grid da F1 para o ano que vem, superou o francês Esteban Ocon, da Renault. O pódio foi completado pelo canadense Lance Stroll, da Racing Point.

A Mercedes tinha tudo para uma dobradinha, mas errou em parada dupla com George Russell e o finlandês Valtteri Bottas, jogando fora as chances, além de ter tido o azar de lidar com furo de pneu do britânico, substituto do compatriota Lewis Hamilton, que contraiu coronavírus.

 

A corrida

Na largada, Bottas saltou mal e perdeu a liderança para Russell. Verstappen também tentou dar o bote, mas acabou atingido na sequência de um acidente em que o monegasco Charles Leclerc bateu no carro de Pérez. 

 
 

Os pilotos de Ferrari e Red Bull abandonaram e o safety car entrou na pista. Quando o carro de segurança se recolheu, o espanhol Carlos Sainz, da McLaren, partiu para cima de Bottas e chegou a fazer a ultrapassagem, mas tomou o troco.

 

No pelotão seguinte, o australiano Daniel Ricciardo aparecia em quarto com a Renault, à frente do russo Daniil Kvyat, da AlphaTauri, e de Stroll. Mais atrás, o brasileiro Pietro Fittipaldi, substituto do francês Romain Grosjean na Haas, era o último.

 

Após a primeira rodada de pit stops, Russell e Bottas partiram para os pneus duros, já que haviam largado de médios. As posições se mantiveram. Na volta 56 de um total de 87, a Williams do canadense Nicholas Latifi parou na pista e o safety car virtual foi acionado.

 

Com a normalização da prova, a briga pelo pódio se intensificou e Pérez despachou Stroll e Ocon para chegar ao terceiro lugar. Grande atuação do mexicano, que se recuperou bem da pancada dada por Leclerc logo após a largada.

 

Entretanto, na volta 61, uma batida do britânico Jack Aitken, substituto de Russell na Williams, pouco antes da entrada dos boxes, bagunçou a corrida. O novato conseguiu carregar o carro para o pit stop, colocou um novo bico e o safety car foi acionado para limpeza da pista.

 

Foi aí que a Mercedes resolveu fazer uma parada dupla para novos pneus nos carros de Russell e Bottas. Porém, a equipe se atrapalhou e as trocas foram bem demoradas, de modo que os pilotos foram prejudicados.

 

No primeiro momento, o maior prejuízo foi de Bottas, que ficou de pneus duros, mas Russell teve que fazer novo pit porque a equipe colocou aros errados em seu carro. Ele voltou à pista atrás do finlandês. Entretanto, após o recolhimento do safety car, Russell passou o 'companheiro' e subiu para quarto, voltando à caça pelo pódio com um ritmo impressionante no Bahrein.

 

Na sequência, aproveitando-se dos compostos médios novos, o britânico ultrapassou Stroll, alcançando o terceiro posto. Daí em diante, começou a busca por Ocon, prontamente despachado, e Pérez, que assumira a liderança.

 

Pouco depois, porém, Russell teve pneu furado e fez parada para colocar borrachas macias, voltando à pista fora da zona de pontuação. Já Bottas perdeu rendimento e caiu para perto do limite dos pontos. No fim, o finlandês foi oitavo e o britânico ainda conseguiu ser nono.

Resultado final

Cla # Piloto Chassi Motor Voltas Tempo Diferença Intervalo Pits Pontos
1 11 Mexico Sergio Perez Racing Point Mercedes 87 1:31'15.114     2 25
2 31 France Esteban Ocon Renault Renault 87 1:31'25.632 10.518 10.518 1 18
3 18 Canada Lance Stroll Racing Point Mercedes 87 1:31'26.983 11.869 1.351 1 15
4 55 Spain Carlos Sainz Jr. McLaren Renault 87 1:31'27.694 12.580 0.711 2 12
5 3 Australia Daniel Ricciardo Renault Renault 87 1:31'28.444 13.330 0.750 2 10
6 23 Thailand Alexander Albon Red Bull Honda 87 1:31'28.956 13.842 0.512 2 8
7 26 Russian Federation Daniil Kvyat AlphaTauri Honda 87 1:31'29.648 14.534 0.692 2 6
8 77 Finland Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 87 1:31'30.503 15.389 0.855 2 4
9 63 United Kingdom George Russell Mercedes Mercedes 87 1:31'33.670 18.556 3.167 4 3
10 4 United Kingdom Lando Norris McLaren Renault 87 1:31'34.655 19.541 0.985 2 1
11 10 France Pierre Gasly AlphaTauri Honda 87 1:31'35.641 20.527 0.986 2  
12 5 Germany Sebastian Vettel Ferrari Ferrari 87 1:31'37.725 22.611 2.084 3  
13 99 Italy Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Ferrari 87 1:31'39.225 24.111 1.500 2  
14 7 Finland Kimi Raikkonen Alfa Romeo Ferrari 87 1:31'41.267 26.153 2.042 3  
15 20 Denmark Kevin Magnussen Haas Ferrari 87 1:31'47.484 32.370 6.217 2  
16 89 United Kingdom Jack Aitken Williams Mercedes 87 1:31'48.788 33.674 1.304 3  
17 51 Brazil Pietro Fittipaldi Haas Ferrari 87 1:31'51.972 36.858 3.184 3  
  6 Canada Nicholas Latifi Williams Mercedes 52       1  
  33 Netherlands Max Verstappen Red Bull Honda 0          
  16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 0          

compartilhar
comentários
PÓDIO: A improvável vitória de Pérez no insano GP de Sakhir com comentários de Rico Penteado e Rachel Loh

Artigo anterior

PÓDIO: A improvável vitória de Pérez no insano GP de Sakhir com comentários de Rico Penteado e Rachel Loh

Próximo artigo

Verstappen culpa “imprudente” Leclerc por acidente no início do GP de Sakhir

Verstappen culpa “imprudente” Leclerc por acidente no início do GP de Sakhir
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Sakhir
Autor Carlos Costa