Pérez vence GP caótico em Sakhir e Russell brilha, apesar de erro da Mercedes

Depois de largar em terceiro com a Red Bull, holandês Max Verstappen foi prejudicado por acidente e abandonou no Bahrein

Pérez vence GP caótico em Sakhir e Russell brilha, apesar de erro da Mercedes

Após ser tocado e cair para último no começo do GP de Sakhir, Sergio Pérez fez grande prova de recuperação no Bahrein e venceu a corrida deste domingo da Fórmula 1, contando com erros e azares da Mercedes.

O editor recomenda:

O mexicano, que está de saída da Racing Point e procura vaga no grid da F1 para o ano que vem, superou o francês Esteban Ocon, da Renault. O pódio foi completado pelo canadense Lance Stroll, da Racing Point.

A Mercedes tinha tudo para uma dobradinha, mas errou em parada dupla com George Russell e o finlandês Valtteri Bottas, jogando fora as chances, além de ter tido o azar de lidar com furo de pneu do britânico, substituto do compatriota Lewis Hamilton, que contraiu coronavírus.

 

A corrida

Na largada, Bottas saltou mal e perdeu a liderança para Russell. Verstappen também tentou dar o bote, mas acabou atingido na sequência de um acidente em que o monegasco Charles Leclerc bateu no carro de Pérez. 

 
 

Os pilotos de Ferrari e Red Bull abandonaram e o safety car entrou na pista. Quando o carro de segurança se recolheu, o espanhol Carlos Sainz, da McLaren, partiu para cima de Bottas e chegou a fazer a ultrapassagem, mas tomou o troco.

 

No pelotão seguinte, o australiano Daniel Ricciardo aparecia em quarto com a Renault, à frente do russo Daniil Kvyat, da AlphaTauri, e de Stroll. Mais atrás, o brasileiro Pietro Fittipaldi, substituto do francês Romain Grosjean na Haas, era o último.

 

Após a primeira rodada de pit stops, Russell e Bottas partiram para os pneus duros, já que haviam largado de médios. As posições se mantiveram. Na volta 56 de um total de 87, a Williams do canadense Nicholas Latifi parou na pista e o safety car virtual foi acionado.

 

Com a normalização da prova, a briga pelo pódio se intensificou e Pérez despachou Stroll e Ocon para chegar ao terceiro lugar. Grande atuação do mexicano, que se recuperou bem da pancada dada por Leclerc logo após a largada.

 

Entretanto, na volta 61, uma batida do britânico Jack Aitken, substituto de Russell na Williams, pouco antes da entrada dos boxes, bagunçou a corrida. O novato conseguiu carregar o carro para o pit stop, colocou um novo bico e o safety car foi acionado para limpeza da pista.

 

Foi aí que a Mercedes resolveu fazer uma parada dupla para novos pneus nos carros de Russell e Bottas. Porém, a equipe se atrapalhou e as trocas foram bem demoradas, de modo que os pilotos foram prejudicados.

 

No primeiro momento, o maior prejuízo foi de Bottas, que ficou de pneus duros, mas Russell teve que fazer novo pit porque a equipe colocou aros errados em seu carro. Ele voltou à pista atrás do finlandês. Entretanto, após o recolhimento do safety car, Russell passou o 'companheiro' e subiu para quarto, voltando à caça pelo pódio com um ritmo impressionante no Bahrein.

 

Na sequência, aproveitando-se dos compostos médios novos, o britânico ultrapassou Stroll, alcançando o terceiro posto. Daí em diante, começou a busca por Ocon, prontamente despachado, e Pérez, que assumira a liderança.

 

Pouco depois, porém, Russell teve pneu furado e fez parada para colocar borrachas macias, voltando à pista fora da zona de pontuação. Já Bottas perdeu rendimento e caiu para perto do limite dos pontos. No fim, o finlandês foi oitavo e o britânico ainda conseguiu ser nono.

Resultado final

Cla # Piloto Chassi Motor Voltas Tempo Diferença Intervalo Pits Pontos
1 11 Mexico Sergio Perez Racing Point Mercedes 87 1:31'15.114     2 25
2 31 France Esteban Ocon Renault Renault 87 1:31'25.632 10.518 10.518 1 18
3 18 Canada Lance Stroll Racing Point Mercedes 87 1:31'26.983 11.869 1.351 1 15
4 55 Spain Carlos Sainz Jr. McLaren Renault 87 1:31'27.694 12.580 0.711 2 12
5 3 Australia Daniel Ricciardo Renault Renault 87 1:31'28.444 13.330 0.750 2 10
6 23 Thailand Alexander Albon Red Bull Honda 87 1:31'28.956 13.842 0.512 2 8
7 26 Russian Federation Daniil Kvyat AlphaTauri Honda 87 1:31'29.648 14.534 0.692 2 6
8 77 Finland Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 87 1:31'30.503 15.389 0.855 2 4
9 63 United Kingdom George Russell Mercedes Mercedes 87 1:31'33.670 18.556 3.167 4 3
10 4 United Kingdom Lando Norris McLaren Renault 87 1:31'34.655 19.541 0.985 2 1
11 10 France Pierre Gasly AlphaTauri Honda 87 1:31'35.641 20.527 0.986 2  
12 5 Germany Sebastian Vettel Ferrari Ferrari 87 1:31'37.725 22.611 2.084 3  
13 99 Italy Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Ferrari 87 1:31'39.225 24.111 1.500 2  
14 7 Finland Kimi Raikkonen Alfa Romeo Ferrari 87 1:31'41.267 26.153 2.042 3  
15 20 Denmark Kevin Magnussen Haas Ferrari 87 1:31'47.484 32.370 6.217 2  
16 89 United Kingdom Jack Aitken Williams Mercedes 87 1:31'48.788 33.674 1.304 3  
17 51 Brazil Pietro Fittipaldi Haas Ferrari 87 1:31'51.972 36.858 3.184 3  
  6 Canada Nicholas Latifi Williams Mercedes 52       1  
  33 Netherlands Max Verstappen Red Bull Honda 0          
  16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 0          

compartilhar
comentários
PÓDIO: A improvável vitória de Pérez no insano GP de Sakhir com comentários de Rico Penteado e Rachel Loh

Artigo anterior

PÓDIO: A improvável vitória de Pérez no insano GP de Sakhir com comentários de Rico Penteado e Rachel Loh

Próximo artigo

Verstappen culpa “imprudente” Leclerc por acidente no início do GP de Sakhir

Verstappen culpa “imprudente” Leclerc por acidente no início do GP de Sakhir
Carregar comentários