Fórmula 1
16 abr
Próximo evento em
21 Horas
:
39 Minutos
:
43 Segundos
R
GP de Portugal
30 abr
Próximo evento em
14 dias
06 mai
Próximo evento em
20 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
48 dias
10 jun
Próximo evento em
55 dias
24 jun
Próximo evento em
69 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
76 dias
29 jul
Próximo evento em
104 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
132 dias
02 set
Próximo evento em
139 dias
09 set
Próximo evento em
146 dias
23 set
Próximo evento em
160 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
167 dias
07 out
Próximo evento em
174 dias
21 out
Próximo evento em
188 dias
28 out
Próximo evento em
195 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
240 dias

F1 pode sobreviver sem a Ferrari, diz Brawn

Contudo, diretor técnico da categoria pondera que saída da Scuderia não seria o ideal e que, por isso, quer buscar soluções satisfatórias

F1 pode sobreviver sem a Ferrari, diz Brawn
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Ross Brawn
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Sergio Marchionne, CEO FIAT and Maurizio Arrivabene, Ferrari Team Principal

Diretor técnico da F1, Ross Brawn acredita que a categoria sobreviveria caso a Ferrari decidisse deixar a disputa, mas que, mesmo assim, tentará arrumar alternativas para que a Scuderia fique satisfeita e permaneça no Mundial.

A Ferrari tem se mostrado insatisfeita com as intenções dos chefes da F1 para o futuro, sendo que o presidente da companhia, Sergio Marchionne, fez repetidas ameaças de uma potencial saída.

Brawn, que trabalhou como diretor técnico da Ferrari na sequência de títulos de Michael Schumacher, na década passada, analisou a situação. “A F1 sempre irá sobreviver. Todos vemos isso: vemos campeões mundiais que deixam o esporte e, às vezes, temos tragédias na F1. Sempre tivemos isso: ‘Para onde o esporte vai?’ E ele se recupera. Ele segue em frente, seja comigo nele, com o Liberty nele, com a Ferrari nele – ele sempre seguirá em frente”, disse, em entrevista à emissora Sky Sports.

No entanto, Brawn admitiu que a saída da Ferrari poderia ter um impacto ruim: “Será melhor se isso acontecer? Acho que não. Acho que será melhor se encontrarmos uma solução com a Ferrari, mas isso tem de acontecer com os parâmetros corretos.”

“Não podemos ter uma situação em que fazemos tudo que uma equipe quer, seja ela qual for. Não podemos gerenciar o esporte baseado no que as equipes querem”, completou.

compartilhar
comentários
Chefe da McLaren entende Hamilton ao sair das redes sociais

Artigo anterior

Chefe da McLaren entende Hamilton ao sair das redes sociais

Próximo artigo

Pirelli anuncia escolha de compostos para GP do Azerbaijão

Pirelli anuncia escolha de compostos para GP do Azerbaijão
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Ferrari