F1: Ralf Schumacher diz que Red Bull deveria passar a construir seu próprio motor

compartilhar
comentários
F1: Ralf Schumacher diz que Red Bull deveria passar a construir seu próprio motor

Irmão do heptacampeão falou que a equipe deveria aproveitar a transição de 2022 para assumir nova função

O anúncio de saída da Honda da Fórmula 1 após o final de 2021 deixou duas equipes do grid com uma situação complicada: Red Bull e AlphaTauri terão que correr atrás de uma nova fornecedora para 2022, quando o regulamento passará por grandes mudanças. Mas, para o ex-piloto Ralf Schumacher, a marca deveria aproveitar o momento produzirem os próprios motores.

Anteriormente, a Red Bull estava associada com a Renault no fornecimento de motores desde 2007, incluindo o período de domínio entre 2010 e 2013, mas a separação, oficializada em 2018, não aconteceu em bons termos.

Leia também:

Agora, as equipes precisam de uma nova fornecedora, e as opções não estão ao lado delas. A Mercedes já fornecerá motores para três equipes a partir de 2021, além de si própria: Williams, Aston Martin e McLaren. A Ferrari, não tem a unidade mais competitiva do grid. E, na Renault, pesa o divórcio complicado.

Mas, para o ex-F1 Ralf Schumacher, a marca deveria aproveitar o momento para assumir uma nova função dentro da categoria ao construir seu próprio motor.

"A Red Bull precisa agora encontrar uma nova fornecedora", disse à Sky Sports da Alemanha. "A Mercedes não é possível. É uma relação inexistente, pelo menos agora. Na Renault, há algo similar. Não acredito que eles estariam abertos a isso, e agora que Abiteboul é o novo CEO da Alpine, acho que ele focará tudo em seu programa".

"Mas, pelo menos eles têm até o final de 2021".

"Uma opção viável poderia ser produzir seu próprio motor. A Red Bull tem os meios para isso e, nesse caso, poderia fazer uma parceria com a Honda para assumir as operações".

"No final de 2021, o motor estará mais ou menos congelado. E até lá a Honda seguiria trabalhando com tudo. Partindo desse ponto de vista, pode ser uma alternativa".

Red Bull RB16

(Temporada 2020)

Red Bull Racing-Honda RB16
Motor: Honda
Combustível: ExxonMobil
Pneus: Pirelli

Pilotos:

33 - Max Verstappen

23 - Alexander Albon

Honda anuncia saída da F1 ao final da temporada 2021; veja detalhes

PODCAST Motorsport.com debate a carreira e o legado de Kimi Raikkonen; ouça

 

Chefe da Haas acha “antiético” abandonar Ferrari só por ano ruim

Artigo anterior

Chefe da Haas acha “antiético” abandonar Ferrari só por ano ruim

Próximo artigo

F1: Ferrari não teria interesse em fornecer motores para Red Bull

F1: Ferrari não teria interesse em fornecer motores para Red Bull
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1