F1: Red Bull espera que novas evidências resultem em punição mais rígida a Hamilton

Conselheiro da equipe, Helmut Marko acredita que equipe trará informações relevantes sobre incidente na Grã-Bretanha na audiência marcada para quinta-feira

F1: Red Bull espera que novas evidências resultem em punição mais rígida a Hamilton

Helmut Marko acredita que novas evidências trazidas pela Red Bull para a audiência da FIA na quinta-feira colocarão o acidente entre Max Verstappen e Lewis Hamilton no GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1 sob uma "luz ligeiramente diferente". Os rivais pelo título colidiram enquanto lutavam pela liderança da corrida na curva Copse, há duas semanas, resultando em um acidente de 51G para o piloto da equipe austríaca.

O heptacampeão da Mercedes recebeu uma penalidade de 10 segundos por ser considerado predominantemente culpado, mas se recuperou para vencer a prova e reduzir a liderança do holandês no campeonato de pilotos para oito pontos.

Leia também:

No entanto, a Red Bull exerceu seu direito de revisar o incidente de acordo com o Código Desportivo Internacional da FIA depois que seus chefes ficaram insatisfeitos com a sanção dada a Hamilton. Para eles, foi muito branda.

Os casos podem ser revisados ​​se um "novo elemento significativo e relevante" de evidência for levado à audiência, que acontecerá na tarde de quinta-feira na Hungria, antes do GP deste fim de semana.

O conselheiro da escuderia, Marko, disse à RTL na quarta-feira que a equipe usaria a reunião para "trazer fatos que não estavam disponíveis no momento da interrupção da corrida ou quando a coisa toda foi resolvida" e revelou que seu foco principal tinha sido a condição de Verstappen na hora.

O holandês saiu andando do acidente, mas ficou machucado e foi parar no hospital por precaução. Ele recebeu alta no mesmo dia, após exames de ressonância magnética e tomografia computadorizada.

"Essas informações serão apresentadas na quinta-feira e esperamos que isso resulte em uma reavaliação, porque ainda achamos que essa punição foi muito branda para Hamilton", disse Marko.

Carro de Verstappen após acidente no GP da Grã-Bretanha

Carro de Verstappen após acidente no GP da Grã-Bretanha

O debate sobre quem foi o culpado e a gravidade do castigo aplicado tem sido acirrado na F1 desde o ocorrido. O conselheiro afirmou que a "opinião completamente diferente" da Red Bull seria "comprovada com imagens" e acrescentou: "O cerne da questão é que trazemos novas evidências, novos fatos, mas não posso revelar esses detalhes."

Ele disse também logo depois da batida que Lewis deveria ser suspenso da corrida seguinte. Questionado sobre qual penalidade seria adequada, respondeu: “Uma que teria impedido a vitória seria apropriada."

"Ou que não pudesse disputar a próxima prova, algo nesse sentido, mas isso é com os comissários. Em primeiro lugar, estamos muito felizes que esse diálogo tenha acontecido e agora veremos como julgarão. Acho que o que apresentarmos vai colocar o incidente sob uma luz um pouco diferente."

MARIANA BECKER (2): F1 na Globo estava LIMITADA e gerava FRUSTRAÇÃO; categoria está FELIZ com a BAND

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Como Verstappen se encaixa entre rivais históricos de Hamilton?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Ralf Schumacher critica Vettel e diz que ele deveria ser "consistentemente mais rápido" que Stroll

Artigo anterior

F1: Ralf Schumacher critica Vettel e diz que ele deveria ser "consistentemente mais rápido" que Stroll

Próximo artigo

ANÁLISE: A F1 já aumentou uma punição após um protesto?

ANÁLISE: A F1 já aumentou uma punição após um protesto?
Carregar comentários