F1: Relembre como marca de camisinhas impediu transmissão na Inglaterra há 45 anos

Com o patrocínio do carro de Alan Jones de uma marca de camisinhas, BBC boicotou exibições de provas em temporada vitoriosa de James Hunt

F1: Relembre como marca de camisinhas impediu transmissão na Inglaterra há 45 anos

A temporada de 1976 da Fórmula 1 foi marcada pela rivalidade entre Niki Lauda e James Hunt, também retratada no filme Rush – No limite da emoção. O que poucos sabem hoje é que os próprios ingleses quase não viram o feito de seu polêmico piloto.

Tudo porque John Surtees, na época dono de equipe, aceitou a proposta de patrocínio da London Rubber Company, fabricante das camisinhas Durex. A polêmica começou já em março daquele ano, antes da transmissão de uma corrida que não valia pontos em Brands Hatch, quando a BBC condicionou a transmissão do evento à retirada da marca do carro de Alan Jones.

Leia também:

Como o pedido não foi atendido, o pessoal da emissora recolheu o material e decidiram não transmitir.

E assim foi durante toda aquela temporada, com o inglês na briga direta pelo título. O clamor começava a aumentar e na corrida final, em Fuji, a emissora cedeu e transmitiu a corrida para a Inglaterra e o êxito do piloto inglês.

Confira o vídeo

PODCAST: Qual é o tamanho da temporada de Norris até agora?

 

compartilhar
comentários
F1: Montoya detona punições a Norris e Pérez: “Loucura”
Artigo anterior

F1: Montoya detona punições a Norris e Pérez: “Loucura”

Próximo artigo

F1: Mercedes fará atualizações para Inglaterra na tentativa de "fazer frente à Red Bull"

F1: Mercedes fará atualizações para Inglaterra na tentativa de "fazer frente à Red Bull"
Carregar comentários