Fórmula 1
06 mai
Próximo evento em
64 dias
20 mai
Próximo evento em
78 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
92 dias
10 jun
Próximo evento em
99 dias
24 jun
Próximo evento em
113 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
120 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
134 dias
29 jul
Próximo evento em
148 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
176 dias
02 set
Próximo evento em
183 dias
09 set
Próximo evento em
190 dias
23 set
Próximo evento em
204 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
211 dias
07 out
Próximo evento em
218 dias
21 out
Próximo evento em
232 dias
28 out
Próximo evento em
239 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
275 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
284 dias

F1: Ricciardo diz que prefere receber críticas por mensagens antirracismo do que ficar em silêncio

O piloto da Renault falou que tenta ao máximo ignorar as críticas nas redes sociais, que representam uma minoria

compartilhar
comentários
F1: Ricciardo diz que prefere receber críticas por mensagens antirracismo do que ficar em silêncio

Daniel Ricciardo é um dos pilotos mais atuantes na luta da Fórmula 1 contra o racismo. No GP da Rússia, o australiano usou uma máscara com a palavra "igualdade", mostrando seu desejo de tornar a mensagem pública. Para o piloto, é melhor ser atuante e ignorar as críticas nas redes sociais do que ficar em silêncio.

Seu ato em Sochi deixou o piloto aberto a críticas de uma minoria barulhenta, que não compartilham com sua visão, enquanto o australiano deixa claro que não espera que todos fiquem do seu lado.

Leia também:

"Com as redes sociais, tendo não ler muito porque você pode ter 95% de coisas positivas, mas são os outros 5% que te tiram do sério. Eles sempre estarão ali. Você nunca terá apoio de 100%. Infelizmente, isso não existe".

Ricciardo disse que sua escolha de máscara foi inspirada pela tenista Naomi Osaka, que vem usando máscaras com diferentes mensagens para promover o movimento Vidas Negras Importam.

E ele disse que sente feliz pelo fato do mundo poder discutir abertamente algo que mesmo ele admite que era difícil conversar sobre até pouco tempo atrás.

"Mesmo falar sobre o Vidas Negras Importam, dizer isso publicamente, não havia a possibilidade de fazer isso. Mesmo no começo deste ano".

"Eu não me sentia confortável falando sobre isso no começo do ano. Então, começar a falar sobre coisas que você não falava antes, seja racismo, saúde mental ou qualquer coisa do tipo, é intimidador. Então você precisa se preparar para receber críticas, ou pelo menos um feedback que não é 100% positivo".

"Mas, novamente, se é algo que você realmente acredita, não vejo porque não fazer isso. Acho que, principalmente com o racismo. O silêncio é um grande problema, e as pessoas acham que você está muito confortável em sua posição para não falar".

"Acho que essa é a questão: crie coragem. Se você tiver uma voz, faça ela ser ouvida".

Alonso é TAXATIVO sobre seus rivais Hamilson e Schumacher e "se compara" a algoz Vettel; veja

PODCAST: Kimi Raikkonen, 'apenas' um grande personagem ou um verdadeiro campeão?

 

Sainz não liga para as piadas sobre ida à Ferrari: "Acho engraçado e dou risada"

Artigo anterior

Sainz não liga para as piadas sobre ida à Ferrari: "Acho engraçado e dou risada"

Próximo artigo

Alonso acredita ser um dos pilotos mais completos da F1: "Tiro nove em todos os quesitos"

Alonso acredita ser um dos pilotos mais completos da F1: "Tiro nove em todos os quesitos"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Daniel Ricciardo
Equipes Renault F1 Team
Autor Jonathan Noble