F1: Verstappen diz que “não terá pesadelos” se for derrotado por Hamilton em 2021

Piloto holandês disse que a percepção de que a vida é mais do que competir ajudou a formar sua visão fria

F1: Verstappen diz que “não terá pesadelos” se for derrotado por Hamilton em 2021

O piloto da Red Bull, Max Verstappen, explicou por que acha que ganhar um título mundial de Fórmula 1 não mudará sua vida, e por que ele "não terá pesadelos" se Lewis Hamilton vencê-lo em 2021.

Para a maioria dos atletas, tornar-se campeão mundial em sua categoria é um evento de mudança de vida, o culminar de uma vida inteira de esforço, foco e sacrifício.

Leia também:

Enquanto Verstappen foi certamente preparado desde jovem pelo pai Jos para chegar ao auge, o jovem de 24 anos parece ter desenvolvido uma mentalidade surpreendentemente pragmática sobre o sucesso futuro.

No GP da Turquia, o holandês, que está envolvido em uma tensa luta pelo título de F1 com o rival da Mercedes, Hamilton, afirmou que estava relaxado sobre o resultado de 2021, dizendo que "mesmo que terminássemos em segundo, acho que ainda teríamos uma ótima temporada. No final do dia, isso não vai realmente mudar a minha vida."

Em entrevista exclusiva ao Autosport antes do GP dos Estados Unidos em Austin, Verstappen disse que a percepção de que a vida é mais do que competir ajudou a formar sua visão fria.

"Para ser honesto, para alguns isso muda sua vida, mas para mim não", disse o holandês.

“É claro que é o meu objetivo e tentarei sempre ser o melhor que posso, mas não vai mudar a minha vida em termos de como a vivo ou do que farei depois."

"Vejo muitos pilotos felizes ou pessoas que não venceram um campeonato. Acho que tudo o que você faz na pista não deve influenciar sua vida pessoal."

“Pelo menos eu não seria uma pessoa magoada e triste se nunca ganhasse um campeonato. Terei muitas coisas que também poderei fazer depois da Fórmula 1."

"Para mim, a Fórmula 1 é uma parte da sua vida, mas na verdade o mais importante é o que está fora da Fórmula 1. Talvez [algumas] pessoas não saibam realmente como lidar com isso."

Max Verstappen, Red Bull Racing, 2nd position, climbs out of his car in Parc Ferme

Max Verstappen, Red Bull Racing, 2nd position, climbs out of his car in Parc Ferme

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

Parte de seu pragmatismo também decorre do fato de que os pilotos de F1 são altamente dependentes de fatores externos em sua busca pelo sucesso, uma realidade insuperável com a qual ele já está intimamente familiarizado.

Ele foi amplamente cotado para se tornar o mais jovem campeão mundial da F1 após sua primeira vitória recorde aos 18 anos, no GP da Espanha de 2016, mas apenas em 2021 foi sua primeira oportunidade genuína de desafiar Hamilton e Mercedes, com a Red Bull finalmente capaz de entregar o equipamento para enfrentar a força dominante da categoria.

Isso permitiu que Verstappen entrasse nas últimas seis corridas de 2021 com uma pequena vantagem de seis pontos sobre o heptacampeão mundial, mas ele disse que não terá pesadelos se o britânico acabar vencendo.

"Se eu puder dizer mais tarde 'Eu ganhei o campeonato mundial', então ótimo, é incrível e algo com que você sonha, mas se não se materializar por razões óbvias - onde você não tinha o pacote certo para fazer isso ou simplesmente não deu certo ou você teve azar, então que assim seja", acrescentou.

"Não é como se eu fosse acordar no meio da noite por ter pesadelos com isso."

"Para mim, isso não vai mudar a minha vida", concluiu.

BASTIDORES DA F1: Produtora da Band, JU CERASOLI fala sobre cobertura do canal e conta seus 'CAUSOS'

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #138 – Red Bull não sabe o que fazer contra Mercedes após GP da Turquia?

 

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Andretti visita Sauber e ‘compra’ da equipe ganha ainda mais força
Artigo anterior

F1: Andretti visita Sauber e ‘compra’ da equipe ganha ainda mais força

Próximo artigo

F1 faz parceria com NBA e divulga pinturas do carro de 2022 inspiradas nos times da liga

F1 faz parceria com NBA e divulga pinturas do carro de 2022 inspiradas nos times da liga
Carregar comentários