F1 - Verstappen rebate críticas por não checar como Hamilton estava após acidente em Monza: "Hipócritas"

Piloto da Red Bull disse que britânico parecia "absolutamente bem" por ter tentado dar ré e sair do local da batida no GP da Itália

F1 - Verstappen rebate críticas por não checar como Hamilton estava após acidente em Monza: "Hipócritas"

Max Verstappen acha que as pessoas foram "hipócritas" ao criticá-lo por se afastar de seu acidente com Lewis Hamilton no GP da Itália de Fórmula 1 sem verificar como ele estava. O britânico foi um dos que expressou sua surpresa após a colisão em Monza pelo holandês não checar se não se feriu.

Essa resposta veio algumas semanas depois do piloto da Red Bull criticar o rival da Mercedes por comemorar sua vitória em Silverstone enquanto ele estava no hospital passando por exames médicos após a batida na primeira volta.

Leia também:

Verstappen não acredita que haja motivos para sugerir que ele fez algo errado na Itália - já que sabia que Hamilton estava bem por estar tentando sair da brita. Além disso, também disse que o fato do britânico ter voado no dia seguinte para comparecer ao Met Gala em Nova York mostrou que havia pouco de errado com ele.

"Há muitos hipócritas no mundo, isso é certo", disse o holandês, quando questionado sobre as críticas ao que fez após o acidente. "Quer dizer, eu saí do carro e olhei para a esquerda. E é claro que ele ainda estava tentando dar ré, balançando o volante e tentando sair de baixo do meu carro. Então eu acho que ele estava absolutamente bem."

"E ainda, voar na segunda ou terça-feira para os Estados Unidos para assistir a um baile... você só faz isso se se sentir bem. Então, eu acho que já estava tudo sob controle", acrescentou.

Max foi punido em três posições no grid para o GP da Rússia deste fim de semana pelos comissários de corrida por ter sido considerado o principal culpado pelo acidente com Hamilton. Depois de saber da punição ao viajar para casa, ele sugeriu que ele tem uma visão diferente sobre quem foi o responsável.

"Fiquei um pouco surpreso ao saber da penalidade, mas no final do dia, foi o que decidiram", disse ele. "Eu não preciso concordar com isso. Tenho minhas próprias opiniões, é claro, mas nós apenas seguimos em frente e tiramos o melhor proveito. Não é o ideal, mas também não é o fim do mundo."

Max Verstappen, Red Bull Racing, walks away from his damaged car

Max Verstappen, Red Bull Racing, walks away from his damaged car

Photo by: Jerry Andre / Motorsport Images

Embora as discussões na mídia e no paddock sugiram que há uma grande probabilidade dos candidatos ao título terem mais colisões conforme a batalha pelo campeonato se aproxima do fim, Verstappen diz que não se preocupa com a escalada da rivalidade.

"Não do meu lado", comentou. "Estou muito calmo e tranquilo. Somos todos profissionais o suficiente para deixar Monza para trás e vamos continuar novamente aqui em Sochi e nas próximas corridas."

F1 2021: Veja a 'prévia' do GP da Rússia com engenheiro brasileiro ex-Renault | TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #133: O que poderia ser melhorado no documentário sobre Schumacher?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 - Hamilton rebate acusação de "show" de Marko: "Nem escuto o que essas pessoas falam"
Artigo anterior

F1 - Hamilton rebate acusação de "show" de Marko: "Nem escuto o que essas pessoas falam"

Próximo artigo

F1 - Verstappen: Comentário de Hamilton sobre pressão "mostra que ele não me conhece"

F1 - Verstappen: Comentário de Hamilton sobre pressão "mostra que ele não me conhece"
Carregar comentários