F1 - Vettel: Aston Martin terá “oportunidade perdida” se trocar foco para carro de 2022

O alemão acredita ser cedo para a equipe Inglesa mudar o foco para o carro de 2022, e assim estaria “desperdiçando uma oportunidade” ainda em 2021.

F1 - Vettel: Aston Martin terá “oportunidade perdida” se trocar foco para carro de 2022

O tetracampeão mundial de Fórmula 1, Sebastian Vettel, juntou-se à Aston Martin nesta temporada após sua saída conturbada da Ferrari no final do ano passado, mas esse início de parceria não esta sendo fácil para ele. Só que o alemão ainda vê potencial para este ano, defendendo que a equipe britânica não deve trocar já o foco para o carro de 2022.

O piloto alemão esperava reencontrar sua boa forma após um último ano difícil com a Ferrari, mas não conseguiu marcar nenhum ponto nas três primeiras corridas da temporada.

Leia também:

A Aston Martin tem lutado com seu carro, o AMR21, após os cortes de downforce sob os regulamentos técnicos revisados para este ano, deixando a equipe em sétimo lugar na classificação de construtores.

Mas Vettel sente que ainda há muito trabalho a ser feito no AMR21 e que não vale a pena abandonar todo o desenvolvimento para colocar o foco total no carro de 2022.

“Não acho, não apenas agora, em geral na vida, que os atalhos irão ajudá-lo muito”, disse Vettel.

“Há tantas coisas que ainda podemos aprender e ainda podemos ter um melhor entendimento como equipe. Então, acho que seria uma oportunidade perdida”.

“Agora, a questão é obviamente como você mede a oportunidade, se você mede em pódios, pontos e vitórias ou em outras coisas”.

“Acho que para nós, como equipe, ainda podemos melhorar em muitas pequenas coisas. Mas no final, são sempre as pequenas coisas que fazem a diferença e levam à perfeição neste esporte”.

“Mesmo que você saiba que não estamos competindo nas posições que queríamos, acho que ainda é um tempo bem gasto.”

O chefe da equipe da Aston Martin, Otmar Szafnauer, falou anteriormente sobre como a instabilidade da traseira do carro estava atrapalhando Vettel, decorrente das mudanças nos regulamentos no assoalho para este ano.

Vettel recebeu um pacote de atualizações neste fim de semana na Espanha, depois que seu companheiro de equipe Stroll estreou as novas peças em Portimão.

“A atualização deve me trazer mais aderência”, disse Vettel.

Porém na pista espanhola a Aston Martin não conseguiu melhorar e novamente ficou fora dos pontos com seus dois pilotos.

“Se você olhar os carros mais rápidos, eles têm mais aderência, não apenas em baixas velocidades. Obviamente, tentamos minimizar isso o máximo que pudemos com a direção, depois trabalhando na configuração do carro, e por último com uma atualização, que obviamente você não pode trazer sempre”.

“Acho que é um processo normal. Acho que até os carros mais rápidos têm pontos fracos, e você tenta trabalhar nisso. Mas obviamente, de onde estamos, provavelmente não temos a quantidade de aderência que gostaríamos e então é normal”.

F1 2021: MERCEDES identifica PONTO FRACO da RED BULL; saiba qual

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: A F1 deveria acabar com os limites de pista?

 

compartilhar
comentários
F1 - Steiner critica Wolff por rádio sobre Mazepin na Espanha: "Queria um pouco de publicidade"

Artigo anterior

F1 - Steiner critica Wolff por rádio sobre Mazepin na Espanha: "Queria um pouco de publicidade"

Próximo artigo

F1: Talento x Experiência: Button faz análise de Hamilton e Verstappen

F1: Talento x Experiência: Button faz análise de Hamilton e Verstappen
Carregar comentários