F1: Wolff não vê "nenhum remédio" para a Mercedes na Austrália

Chefe da Mercedes não acredita em uma mudança de rendimento que colocaria sua equipe novamente na luta pelo topo neste fim de semana

F1: Wolff não vê "nenhum remédio" para a Mercedes na Austrália
Carregar reprodutor de áudio

Terceiro, quarto, quinto e décimo lugar são os resultados da Mercedes nas duas primeiras corridas da temporada 2022 da Fórmula 1, uma situação que o chefe de equipe, Toto Wolff, não esperava ver com Lewis Hamilton e George Russell. E agora, duas semanas depois, o time alemão não espera muitas mudanças de rendimento no GP da Austrália.

"Estamos em um processo de aprendizagem, e os dois primeiros finais de semana demonstraram que ainda temos muito que aprender", disse Wolff.

Leia também:

"Neste momento, nosso rendimento na pista não está cumprindo nossas próprias expectativas, mas todo mundo em Brackley [sede da equipe] e Brixworth [sede da produção de motores] está centrado em entender nossos problemas e encontrar as soluções adequadas".

De qualquer jeito, Wolff teme que "não temos um remédio para a próxima etapa, mas estamos trabalhando arduamente para melhorar constantemente nas próximas corridas para que, com sorte, nos aproximaremos da frente. Até lá, temos que aproveitar todas as oportunidades para tirar o melhor proveito do pacote que temos".

"Assim, teremos desafios diferentes pela frente, mas isso é algo que desfrutamos e onde nossa equipe mostra o seu verdadeiro espírito. Lewis e George fazem uma contribuição importante a esse esforço. Nos dão informações, passam tempo no simulador e trabalham juntos para que avancemos".

Vale lembrar que Melbourne é uma pista em que Hamilton não tem um histórico muito bom, especialmente em outros circuitos. Ele não vence no Albert Park desde 2015 e, desde então, foi segundo quatro vezes seguidas. Mesmo assim, fez a pole de forma contínua desde 2014. 

"Agora voltamos a Melbourne pela primeira vez desde 2020 e correremos na Austrália pela primeira vez em três anos. É tempo demais para uma cidade e um país com muita paixão pela F1. Queremos ver os fãs e o novo traçado da pista, que promete mais chances de ultrapassagem e voltas mais rápidas".

Entrevista Exclusiva: FELIPE DRUGOVICH revela que JÁ FOI PROCURADO por equipe da F1; CONFIRA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #171 - Má fase da Mercedes indica fim de uma era na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Ricciardo crê que nova pista de Melbourne proporcionará corrida “totalmente diferente” do habitual
Artigo anterior

F1: Ricciardo crê que nova pista de Melbourne proporcionará corrida “totalmente diferente” do habitual

Próximo artigo

F1: Mercedes traz nova asa dianteira para Melbourne; saiba mais

F1: Mercedes traz nova asa dianteira para Melbourne; saiba mais