Ferrari decide tirar Mission Winnow dos carros para GP da Austrália

CEO da Ferrari afirma em Salão de Genebra que principal patrocinadora não estará nos carros na primeira prova do ano

Ferrari decide tirar Mission Winnow dos carros para GP da Austrália

A Ferrari revelou que escolheu remover a marca "Mission Winnow" de seus carros para a abertura da temporada 2019 da Fórmula 1 na Austrália.

No mês passado, autoridades australianas haviam iniciado uma investigação sobre a iniciativa introduzida pela Philip Morris, patrocinadora da Ferrari. A intenção era saber se ela viola as leis que proíbem a publicidade do tabaco.

Foi alegado que os logotipos da Mission Winnow são muito parecidos com os da Marlboro, marca pertencente a Philip Morris.

Um representante da Philip Morris afirmou que a marca "não anuncia ou promove os produtos da nossa empresa", em um comunicado fornecido ao Motorsport.com.

No entanto, agora foi confirmado que a Ferrari pretende não correr com os logos da Mission Winnow para o fim de semana do GP da Austrália. Isso significa que os logos serão removidos do SF90, dos painéis da garagem e dos uniformes pessoais.

O CEO da Ferrari, Louis Camilleri, confirmou a mudança no Salão de Genebra, nesta terça-feira.

Ele disse: "houve problemas com o departamento de saúde na Austrália e não houve tempo para a Philip Morris encontrar uma solução”.

"A Mission Winnow não é uma marca, não tem nada a ver com tabaco, porque diz respeito à transição do tabaco para produtos eletrônicos.”

"De qualquer forma, na Austrália, teremos uma surpresa para os fãs no carro."

compartilhar
comentários
Nova Mercedes faz carro 2018 parecer “desajeitado e ingênuo”
Artigo anterior

Nova Mercedes faz carro 2018 parecer “desajeitado e ingênuo”

Próximo artigo

Verstappen sobre testes: “não ficava tão animado há muito tempo”

Verstappen sobre testes: “não ficava tão animado há muito tempo”
Carregar comentários