Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
46 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
53 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
67 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
81 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
95 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
102 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
116 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
130 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
137 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
151 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
158 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
172 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
186 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
214 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
221 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
235 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
242 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
256 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
270 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
277 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
291 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
305 dias

GALERIA: 11 pilotos que só se deram bem fora da F1

compartilhar
comentários
GALERIA: 11 pilotos que só se deram bem fora da F1
Por:
27 de dez de 2018 18:12

A maioria dos pilotos começa a carreira com a intenção de chegar à F1, mas para muitos o circo só se torna um trampolim para o sucesso em outros campeonatos

Alguns pilotos da lista abaixo se saíram tão bem em outros campeonatos, que você nem lembra que um dia eles passaram pela Fórmula 1.

A equipe do Motorsport.com selecionou 11 casos de pilotos que tiveram pouco destaque na maior categoria do automobilismo mundial, mas que souberam aproveitar melhores chances fora dela.

Galeria
Lista

Nelsinho Piquet

Nelsinho Piquet
1/11

Foto de: Alessio Morgese

O jovem brasileiro chegou à F1 com a esperança de igualar seu pai, tricampeão mundial, mas saiu depois de menos de duas temporadas com o escândalo Crashgate no GP de Singapura em 2008. Depois de correr na NASCAR e no Rallycross, ele se tornou o primeiro campeão da Fórmula E.

Stéphane Sarrazin

Stéphane Sarrazin
2/11

Foto de: LAT Images

Sua única corrida na F1 foi em 1999 com a Minardi em Interlagos, abandonando depois de um acidente. Mais tarde, ele desenvolveu uma corrida muito diversificada, correndo com Subaru no WRC, disputou 17 vezes as 24 Horas de Le Mans e alguns testes de Fórmula E.

Bernd Schneider

Bernd Schneider
3/11

Foto de: LAT Images

Depois de passar discretamente pela F1, sua sorte mudou quando se juntou a Mercedes. No DTM ele foi proclamado campeão cinco vezes. Também ganhou os títulos ITC e FIA GT com a marca alemã, antes de se tornar um embaixador dela.

Scott Speed

Scott Speed
4/11

Foto de: GEPA Pictures

Em 2006, a Toro Rosso terminou um jejum de 13 temporadas sem um norte-americano no grid, o que durou pouco mais de um ano. Ele retornou aos Estados Unidos e tentou a sorte na NASCAR e nas 500 milhas de Indianápolis, mas Speed triunfou mesmo foi no Rallycross, campeão por três vezes.

Gabriele Tarquini

Gabriele Tarquini
5/11

Foto de: LAT Images

O piloto de 56 anos competiu em 78 GPs de F1. Mas onde ele realmente alcançou sucesso foi nos carrosde turismo, onde foi campeão mundial por duas vezes, o último em 2018.

Jean-Louis Schlesser

Jean-Louis Schlesser
6/11

Foto de: LAT Images

O francês é mais lembrado por ter conseguido duas vitórias pela Mitsubishi no Dakar do que por sua carreira na Fórmula 1, onde sua maior "conquista" foi impedir a McLaren de vencer todas as corridas em 1988, depois de colidir com Senna.

Alessandro Zanardi

Alessandro Zanardi
7/11

Foto de: LAT Images

Com a Lotus ele marcou a pontuar, mas a fama veio na CART, quando se tornou campeão de 1997 e 1998. Após o acidente em que perdeu as pernas em 2001, ele continuou sua carreira em diferentes esportes e também se tornou medalhista paraolímpico.

Hans-Joachim Stuck

Hans-Joachim Stuck
8/11

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Embora Stuck tenha subido no pódio duas vezes na F1, seu ritmo foi ofuscado por suas conquistas no endurance e no turismo. Um título do DTM, duas vitórias nas 24 Horas de Le Mans e um Campeonato Mundial de Endurance demonstram o que o alemão era realmente capaz de fazer.

Sébastien Bourdais

Sébastien Bourdais
9/11

Foto de: Steven Tee / Motorsport Images

Ele correu na Champ Car entre 2003 e 2007, o que lhe valeu a assinatura de contrato na Toro Rosso. Após um breve período na F1, ele retornou à Indy, onde continua sendo um dos competidores mais destacados. Ele também venceu as 24 Horas de Le Mans com a Ford na LMGTE Pro, além das 24 Horas de Daytona.

Yannick Dalmas

Yannick Dalmas
10/11

Foto de: LAT Images

Em Le Mans, Dalmas conquistou quatro vitórias com quatro construtores e oito companheiros diferentes na década de 1990. No entanto, sua carreira na F1 foi muito menos brilhante, ao correr com pequenas equipes como Larrousse e AGS.

Emanuele Pirro

Emanuele Pirro
11/11

Foto de: LAT Images

Ele mal pontuou duas vezes em suas quase três temporadas na F1. No entanto, ele foi bem em Le Mans, com cinco vitórias.

 

Próximo artigo
Haas se surpreende com o próprio desempenho em 2018

Artigo anterior

Haas se surpreende com o próprio desempenho em 2018

Próximo artigo

Vandoorne espera trazer “novas ideias” à Mercedes

Vandoorne espera trazer “novas ideias” à Mercedes
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Redacción