Fórmula 1
04 set
Próximo evento em
24 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
31 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
45 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
108 dias

GALERIA: Saiba quais astros da F1 têm as famílias mais numerosas

compartilhar
comentários
GALERIA: Saiba quais astros da F1 têm as famílias mais numerosas
26 de mar de 2020 12:08

Em 2019, Kvyat se tornou pai pela primeira vez, tendo uma filha com Kelly Piquet. Saiba quais pilotos da F1 tiveram mais filhos

A paternidade e a profissão de piloto profissional são coisas incompatíveis? Às vezes a resposta é sim. A maioria dos pilotos ativos ainda não sabe o que é ser pai e apenas quatro deles têm mais de um filho.

No verão passado, a lista de papais pilotos da Fórmula 1 adicionou um novo membro, com Daniil Kvyat. Sua namorada, Kelly Piquet, deu à luz sua primeira filha, Penelope. No entanto, para competir com alguns campeões mundiais, o russo ainda terá muito trabalho. Veja a lista:

Leia também:

Galeria
Lista

5º lugar: Damon Hill (4 filhos)

5º lugar: Damon Hill (4 filhos)
1/15

Foto de: LAT Images

Damon Hill é pai de quatro filhos e filho do bicampeão mundial, Graham Hill. Seu pai morreu em um acidente de avião quando ele tinha apenas 15 anos de idade.

5º lugar: Damon Hill (4 filhos)

5º lugar: Damon Hill (4 filhos)
2/15

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Seu primeiro filho, Oliver, tem síndrome de Down. Os três primeiros vieram antes mesmo de Hill ganhar o título de 1996 com a Williams.

5º lugar: Jos Verstappen (4 filhos)

5º lugar: Jos Verstappen (4 filhos)
3/15
Outro ex-F1 com quatro filhos é Jos Verstappen. Embora, ao contrário de Hill, com mais do que uma mulher. De fato, cada um de seus filhos é de uma mulher diferente. Max Verstappen, agora piloto de F1 da Red Bull, tem duas meias-irmãs e um meio-irmão.

5º lugar: Jos Verstappen (4 filhos)

5º lugar: Jos Verstappen (4 filhos)
4/15

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Além disso, o último filho de Jos nasceu no ano passado. Portanto, Jos ainda poderá aumentar suas estatísticas.

4º lugar: Mika Hakkinen (5 filhos)

4º lugar: Mika Hakkinen (5 filhos)
5/15

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Mika Hakkinen foi pai pela primeira vez relativamente tarde, aos 32 anos, depois das duas conquistas de F1. A temporada de 2000 foi a última em que Hakkinen lutaria pelo título, e perdendo para Michael Schumacher. Em 2001, o finlandês estava muito atrás das Ferraris, mas também ficou atrás de David Coulthard, seu escudeiro. Então ele saiu da categoria.

4º lugar: Mika Hakkinen (5 filhos)

4º lugar: Mika Hakkinen (5 filhos)
6/15

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

Em 2008, ele se divorciou de sua primeira esposa. No entanto, as alegrias da paternidade para o finlandês vieram claramente mais do que suficiente: ele agora tem cinco filhos, dois dos quais são de seu primeiro casamento e três do segundo.

4º lugar: Niki Lauda (5 filhos)

4º lugar: Niki Lauda (5 filhos)
7/15

Foto de: LAT Images

Outro pai de cinco filhos da F1 foi Niki Lauda. Em 1976, ele se casou pela primeira vez e sua esposa, Marlene, deu à luz a três filhos. Esse casamento durou até 1991, mas em 2006 o austríaco se casou novamente com uma aeromoça de sua própria companhia aérea. Em 2009, ele se tornou pai novamente, pela última vez. E ele teria sido pai apenas quatro vezes se sua segunda esposa não tivesse dado à luz a gêmeos: Max e Miyu.

3º lugar: Jody Scheckter (6 filhos)

3º lugar: Jody Scheckter (6 filhos)
8/15

Foto de: LAT Images

Você ficará surpreso, mas o sul-africano Jody Scheckter, campeão da Fórmula 1 em 1979, tem seis filhos e um tipo de negócio diferente.

3º lugar: Jody Scheckter (6 filhos)

3º lugar: Jody Scheckter (6 filhos)
9/15

Foto de: LAT Images

Scheckter tem sua própria fazenda no Reino Unido, onde trabalha na agricultura biodinâmica. A biodinâmica é um dos métodos para produzir alimentos orgânicos, com um toque de esoterismo. Em geral, baseia-se no fato de que os fertilizantes são naturais e comprometidos com a máxima limpeza ambiental, mas as vacas são fertilizadas pelos touros de acordo com os signos do zodíaco, e as colheitas começam de acordo com os calendários lunares. Você pode duvidar dos benefícios de tudo isso, mas em vão: Scheckter, nessa dieta, teve seis filhos de duas esposas. Infelizmente, no outono passado, sua filha de 21 anos morreu.

2º lugar: Nelson Piquet (7 filhos)

2º lugar: Nelson Piquet (7 filhos)
10/15
Daniil Kvyat entrou para uma família numerosa. Nelson Piquet ganhou reputação de playboy desde o início de sua carreira.

2º lugar: Nelson Piquet (7 filhos)

2º lugar: Nelson Piquet (7 filhos)
11/15

Foto de: GP3 Series Media Service

O pai de Kelly (mãe do filho de Kvyat) foi casado três vezes. A maioria de seus filhos teve com a modelo holandesa Sylvia Tamsma. Ela é mãe de Nelsinho Piquet, Kelly e sua irmã Julia. A terceira esposa de Nelson também lhe deu dois filhos, um dos quais Pedro, que agora está na Fórmula 2.

2º lugar: Emerson Fittipaldi (7 filhos)

2º lugar: Emerson Fittipaldi (7 filhos)
12/15

Foto de: Sutton Motorsport Images

Emerson Fittipaldi se tornou pai pela última vez em 2012, quando o bicampeão de Fórmula 1 tinha 66 anos. Foi o sétimo filho após três casamentos.

2º lugar: Emerson Fittipaldi (7 filhos)

2º lugar: Emerson Fittipaldi (7 filhos)
13/15

Foto de: Divulgacao

A mais curioso é que outro filho, Emmo, nascido em 2007, já está envolvido nas corridas e, teoricamente, no futuro pode ser uma ameaça aos seus netos Pietro e Enzo, que são mais velhos que seu tio e já estão se aproximando da F1.

1º lugar: Juan Manuel Fangio

1º lugar: Juan Manuel Fangio
14/15

Foto de: LAT Images

O lendário argentino tem muitos recordes. Por meio século, ele foi o único cinco vezes campeão mundial de Fórmula 1 da história, até Michael Schumacher igualar o feito em 2002. Quanto à sua vida pessoal, Fangio conseguiu vivê-la de tal maneira que seus filhos pouco aparecessem. Até agora, são apenas dois, mas ambos foram descobertos somente após a morte do lendário argentino. Oficialmente, Fangio nunca foi casado e não reconheceu um único filho. No entanto, seu relacionamento com as mulheres muitas vezes não era segredo. Com uma delas, Andrea Burr, o piloto teve um longo romance. No entanto, no processo do filho de Andrea, Oscar Espinoza, uma exumação do corpo de Fangio foi necessária para provar sua paternidade em 2015.

1º lugar: Juan Manuel Fangio

1º lugar: Juan Manuel Fangio
15/15

Foto de: Daimler AG

Para surpresa de Espinosa, ele não apenas sabia quem era seu pai, mas também descobriu que tinha um irmão. Além disso, embora o filho da Sra. Burr soubesse da mãe quem era o pai desde o início, seu irmão Rubén Vázquez permaneceu sem saber até 2005. Dada a forte relutância de Fangio em reconhecer sua paternidade em vida, bem como a incrível capacidade desse piloto de estabelecer todos os tipos de recordes, decidimos valorizar seu número de filhos como incalculável... e, assim, dar-lhe o primeiro lugar nesse ranking em particular.
Veja como o coronavírus evitou o ano mais caro da história da F1

Artigo anterior

Veja como o coronavírus evitou o ano mais caro da história da F1

Próximo artigo

Haas confirma Pietro Fittipaldi como piloto de testes e reserva em 2020

Haas confirma Pietro Fittipaldi como piloto de testes e reserva em 2020
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1