Galvão confirma Reginaldo Leme fora de GP 1000 da F1 na Globo: ‘Infelizmente não teremos a voz dele’

Comentarista está internado em São Paulo e deve receber alta no domingo

Galvão confirma Reginaldo Leme fora de GP 1000 da F1 na Globo: ‘Infelizmente não teremos a voz dele’

Internado em São Paulo por conta de uma pneumonia e erisipela, o comentarista Reginaldo Leme, que trabalha nas transmissões da Globo de Fórmula 1 há mais de quatro décadas, não estará presente na corrida número 1000, neste fim de semana, na China.

Leia também:

Seu companheiro de longa data na TV Globo, Galvão Bueno confirmou a ausência de Reginaldo, trazida em primeira mão pelo Motorsport.com Brasil nesta semana.

“Ele (Reginaldo) está muitíssimo bem, tem previsão de alta para esse domingo. Infelizmente não teremos a voz dele gravada nessa corrida mil”, disse Galvão, na transmissão da Globo.

Entre repórter e comentarista, Reginaldo Leme tem quase 700 GP’s cobertos na carreira, sendo uma referência no assunto em território brasileiro. A primeira corrida que participou in-loco foi o Grande Prêmio da Itália, de 1972, em Monza, que consagrou Emerson Fittipaldi como campeão mundial.

O outro comentarista da Globo, o ex-piloto Luciano Burti, revelou uma brincadeira de Reginaldo em contato com o companheiro no hospital.

“Ele me disse: ‘Não estou no GP 1000, mas conte comigo no GP 2000”, relatou Burti.

compartilhar
comentários
Veja como foi a pancada que tirou Albon do treino classificatório da F1 na China

Artigo anterior

Veja como foi a pancada que tirou Albon do treino classificatório da F1 na China

Próximo artigo

Bottas supera Hamilton e faz a pole do GP 1000 da Fórmula 1

Bottas supera Hamilton e faz a pole do GP 1000 da Fórmula 1
Carregar comentários