Fórmula 1

GP da Alemanha não será realizado em 2019, diz jornal

Retornando em 2018, prova deverá mais uma vez ficar fora do calendário na próxima temporada

De acordo com uma reportagem do jornal alemão Bild, nem Hockenheim e nem Nurburgring irão realizar o GP da Alemanha do próximo ano, o que fará a corrida não tomar parte no calendário de 2019.

Os dois circuitos compartilharam a corrida alternadamente de 2007 a 2013. Porém, problemas financeiros em Nurburgring forçaram o fim do acordo. Desde então, Hockenheim recebe prova a cada dois anos, mas seu contrato atual expira após a corrida do mês que vem.

“Obviamente, estamos trabalhando em propostas de retorno em 2020”, falou o diretor de marketing de Hockenheim, Jorn Teske, ao jornal alemão Bild.

“Durante nossas negociações até hoje, não conseguimos chegar a um modelo sustentável, o que significa que estamos particularmente animados com nossa corrida neste ano.”

A Liberty Media, detentora dos direitos comerciais da F1, também esteve em negociações com Nürburgring para um retorno ao circuito.

CEO da pista, Mirco Markfort disse: "desde o início de 2017 temos negociações proativas com a Liberty Media e também em março de 2018, quando discutimos novas oportunidades de cooperação."

"Nossas propostas estão na mesa, agora cabe à Liberty Media decidir."

O lugar do GP da Alemanha no calendário pode ser ocupado pelo GP de Miami, que a Liberty espera realizar em outubro do ano que vem.

Os ingressos ainda estão disponíveis para o GP da Alemanha deste ano, que acontece no dia 22 de julho.

Artigo anterior

Hamilton espera que atualizações "assustem" rivais

Próximo artigo

Grosjean: Ocon ignorou pedido de desculpas por toque

Últimos vídeos

Notícias

Motorsport Network

Baixe seu aplicativo