Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
30 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
44 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
58 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
72 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
79 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
93 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
107 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
114 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
128 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
135 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
149 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
163 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
191 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
198 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
212 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
219 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
233 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
247 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
254 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
268 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
282 dias

Grosjean “não se perdoaria” com fase ruim como a de 2018

compartilhar
comentários
Grosjean “não se perdoaria” com fase ruim como a de 2018
Por:
6 de dez de 2018 12:19

Piloto diz ter parado de ligar para problemas no meio da temporada e antes mesmo de ressurgir sabia que resultados seriam bons

Romain Grosjean diz que não seria capaz de perdoar a si mesmo se sofresse uma repetição dos problemas que marcaram a primeira metade de sua temporada de 2018 na Fórmula 1.

Embora a temporada do francês tenha começado bem com uma forte exibição na Austrália antes dos problemas de pitstop da Haas, ele mais tarde enfrentou uma série de incidentes e acidentes que deixaram o seu futuro na F1 em dúvida.

Mas depois de ter sua abordagem mental de volta aos trilhos, Grosjean fez um final muito forte de ano que o ajudou a garantir um novo contrato.

Perguntado sobre o que precisa fazer neste inverno para garantir que tenha o melhor desempenho em 2019, Grosjean disse: "definitivamente não posso cometer os mesmos erros que cometi neste ano”.

"Eu não acho que me perdoaria se eu tivesse outro início de temporada como eu tive.”

"Definitivamente aprendi muito este ano, entendendo o que havia acontecido. Lembro-me que na semana anterior ao Grande Prêmio da Alemanha liguei para o meu empresário e falei 'voltei'.”

"Mesmo antes de dirigir o carro, eu disse 'voltei' e estava de volta.”

"Foi como se tudo estivesse no lugar certo e era como 'foda-se isso, isso, isso e isso'. Eu segui em frente. Foi uma ótima experiência: coisas que você nem percebe que podem incomodar você."

O retorno de Grosjean para a boa formar neste ano foi comparado à forma como ele se levantou depois de ter sido banido por causar um acidente na primeira curva do GP da Bélgica de 2012.

No entanto, ele acha que a recuperação deste ano é algo mais especial por causa da maneira que ele teve que cavar fundo para descobrir por que não estava indo bem.

"Tem sido interessante, e estou muito orgulhoso da maneira como me recuperei também", disse ele. "Em um ponto as pessoas estavam pensando que eu deveria ficar em casa. Eu pensei que ainda tinha al go a dar. E eu ainda tinha, eu só precisava entender por que eu não estava entendendo direito."

Perguntado pelo Motorsport.com se sabia o que era necessário para evitar que uma repetição dos problemas novamente, ele disse: "espero que sim, espero que sim”.

"Você nunca sabe até que faça isso. Mas até agora eu sempre aprendi minhas lições e não cometi o mesmo erro duas vezes. Espero que seja o mesmo caso novamente."

Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18

Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18

Photo by: Erik Junius

Próximo artigo
Red Bull anuncia planos de programa de jovens envolvendo Honda

Artigo anterior

Red Bull anuncia planos de programa de jovens envolvendo Honda

Próximo artigo

Red Bull cobra “disciplina” de Gasly em chegada e time principal

Red Bull cobra “disciplina” de Gasly em chegada e time principal
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Romain Grosjean Compre Agora
Equipes Haas F1 Team
Autor Jonathan Noble