Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
43 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
50 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
64 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
78 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
92 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
99 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
113 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
127 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
134 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
148 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
155 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
169 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
183 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
211 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
218 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
232 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
239 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
253 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
267 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
274 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
288 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
302 dias

Haas: Grosjean precisa manter boa forma para ficar em 2019

compartilhar
comentários
Haas: Grosjean precisa manter boa forma para ficar em 2019
Por:
12 de set de 2018 12:54

Romain Grosjean precisa manter sua atual forma na F1 se quiser garantir um novo contrato com a Haas para 2019, disse o chefe da equipe, Gunther Steiner.

Após um início difícil em 2018, em que não conseguiu pontuar antes do GP da Áustria, seu futuro dentro da equipe ficou em dúvida.

No entanto, uma sequência de bons resultados ajudou a Haas a encostar na Renault na luta pelo quarto lugar no Mundial de Construtores, o que aumentou suas possibilidades de permanência.

Steiner disse que a expectativa agora é de que Grosjean mantenha seu atual nível.

“Obviamente, corridas assim é o que Romain faz normalmente”, disse Steiner, referindo-se à atuação do piloto no GP da Itália, prova em que terminou em sexto antes de ser desclassificado.

“O que precisamos ter dele é que ele permaneça neste nível e não fique oscilando. Você sempre tem oscilação, mas trata-se do quanto você pode oscilar. Acho que ele está indo muito bem no momento.”

Grosjean admitiu que precisava de um recomeço no meio do ano após sentir que sua confiança havia sido abalada, o que afetava sua performance.

“Acho que entendemos algumas coisas e voltamos ao local em que eu deveria estar desde o começo do ano”, disse. “Agora, estou de volta aonde quero estar e que eu goste das corridas, goste de pilotar e esteja ansioso para correr.”

Questionado se a volta por cima estava relacionada ao acerto do carro ou sua abordagem, Grosjean disse: “Era mais comigo. Foram alguns erros que cometi que não deveria ter cometido.”

“Inicialmente, tive dificuldades com o acerto, o que pode ter atrapalhado um pouco a minha confiança. Cometi erros que eu não deveria ter cometido. Baku foi dolorido [quando bateu durante o período de safety car] e levou um tempo para digerir.”

“Foi a mesma coisa que em 2012. Eu não estava batendo de propósito nos outros na curva 1. Foi questão de entender o que estava me fazendo tomar as decisões erradas em vez das corretas, quando você tem dois décimos de segundo para pensar nisso.”

Próximo artigo
Mudança feita em chicane reduz pista em Singapura

Artigo anterior

Mudança feita em chicane reduz pista em Singapura

Próximo artigo

McLaren: F1 não deveria depender do dinheiro para sucesso

McLaren: F1 não deveria depender do dinheiro para sucesso
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble