Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
15 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
43 dias

Hamilton confirma bom desempenho e é o mais rápido do dia em Melbourne

compartilhar
comentários
Hamilton confirma bom desempenho e é o mais rápido do dia em Melbourne
15 de mar de 2019 06:30

Piloto da Mercedes também dominou segundo treino livre no primeiro dia de treinos da F1 visando GP da Austrália

Lewis Hamilton foi o grande nome no primeiro dia de atividades na pista do Circuito de Albert Park em Melbourne, palco do GP da Austrália de domingo, a abertura do campeonato de 2019.

A melhor volta do pentacampeão mundial foi de 1min22s600, apenas 0s048 de seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas.

Leia também:


Se a Mercedes dominou as duas primeiras posições, a Red Bull veio logo a seguir, com Max Verstappen em terceiro e Pierre Gasly no quarto posto, sendo que o francês ocupou a P3 por boa parte do treino.

Sebastian Vettel teve rendimento discreto, com a quinta posição, seguido de seu ex-companheiro de equipe, Kimi Raikkonen em sexto. Chales Leclerc, que chegou a rodar nos minutos finais, foi apenas o nono.

A Williams foi novamente o destaque negativo, ocupando as duas últimas posições na tabela de tempos, com George Russell, na penúltima colocação, quase quatro segundos mais lento que o líder.  

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W10

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W10

Photo by: Dirk Klynsmith / Sutton Images

O treino

Romain Grosjean foi o primeiro a ir para a pista de Melbourne no segundo treino livre para o GP da Austrália de F1. O francês fez 1min25s634 com pneus médios.

Aos poucos, todos recomeçaram seus trabalhos e com isso, algumas saídas de pista, com Lance Stroll (na curva 3) e Sebastian Vettel (na curva 2), mas sem grandes complicações.

Max Verstappen foi o primeiro dos favoritos a marcar o melhor tempo, com 20 minutos de sessão, com 1min24s324. Mas a dupla da Mercedes não deixou barato. Hamilton fez 1min23s582, desbancando a marca do holandês e Bottas veio logo atrás, a 0s297.

O inglês baixou ainda mais seu tempo com 1min23s201 e depois 1min23s148. Na primeira meia hora do treino, a dupla da Ferrari passava longe dos ponteiros, com Leclerc em 14 º e Vettel em 17º, a 2s756 do tempo de Hamilton.

Assim como ocorreu no TL1, a partir do trigésimo minutos de sessão os pilotos começaram a usar o composto mais macio. Quem deu um salto na tabela com isso foi Vettel, que marcou 1min23s473, pouco mais de três décimos de Hamilton, que rendia a quarta posição até então.

Bottas surpreendeu e tomou a liderança da sessão, com 1min22s648, exatamente a meio segundo de seu companheiro de Mercedes. Mas não foi por muito tempo. Restando 43 minutos, Hamilton fez 1min22s600.

Pierre Gasly era a grande surpresa até então, com o terceiro melhor tempo, “apenas” 0s842 atrás do líder.

Também repetindo o que aconteceu no primeiro treino livre, a Williams era a pior equipe do TL2, com Russell sendo 3s853 mais lento que o líder, na penúltima posição. Kubica era o 20º, 4s055 atrás.

Albon rodou na curva 15, quando restavam 2º minutos para o fim, mas sem bater e retornando à pista sem dificuldades.

 


Utilizando pneus macios pela primeira vez em todo o treino, Verstappen marcou 1min23s400, superando seu companheiro de equipe pela terceira posição, exatamente a 0s800 de Hamilton. O feito do holandês fez com que todas as melhores voltas dos pilotos da sessão fossem dadas pelo composto macio.

Nos minutos finais os pilotos fizeram simulações de corrida, sem mudanças significativas na tabela de tempos. Ainda deu tempo de Charles Leclerc de rodar, mas sem gravidade.

Com isso, Hamilton, com 1min22s600 fez o melhor tempo da sexta-feira, seguido de Bottas, Verstappen, Gasly e Vettel.

 


Tabela completa de resultados

Pos. # Piloto Equipe Motor Voltas Tempo Diferença Intervalo km/h
1 44 United Kingdom Lewis Hamilton  Mercedes Mercedes 33 1'22.600     231.123
2 77 Finland Valtteri Bottas  Mercedes Mercedes 33 1'22.648 0.048 0.048 230.989
3 33 Netherlands Max Verstappen  Red Bull Honda 33 1'23.400 0.800 0.752 228.906
4 10 France Pierre Gasly  Red Bull Honda 31 1'23.442 0.842 0.042 228.791
5 5 Germany Sebastian Vettel  Ferrari Ferrari 35 1'23.473 0.873 0.031 228.706
6 7 Finland Kimi Raikkonen  Alfa Romeo Ferrari 40 1'23.572 0.972 0.099 228.435
7 27 Germany Nico Hulkenberg  Renault Renault 37 1'23.574 0.974 0.002 228.429
8 3 Australia Daniel Ricciardo  Renault Renault 31 1'23.644 1.044 0.070 228.238
9 16 Monaco Charles Leclerc  Ferrari Ferrari 35 1'23.754 1.154 0.110 227.938
10 8 France Romain Grosjean  Haas Ferrari 37 1'23.814 1.214 0.060 227.775
11 26 Russian Federation Daniil Kvyat  Toro Rosso Honda 36 1'23.933 1.333 0.119 227.452
12 20 Denmark Kevin Magnussen  Haas Ferrari 27 1'23.988 1.388 0.055 227.303
13 18 Canada Lance Stroll  Racing Point Mercedes 38 1'24.011 1.411 0.023 227.241
14 55 Spain Carlos Sainz Jr.  McLaren Renault 26 1'24.133 1.533 0.122 226.912
15 99 Italy Antonio Giovinazzi  Alfa Romeo Ferrari 37 1'24.293 1.693 0.160 226.481
16 11 Mexico Sergio Perez  Racing Point Mercedes 34 1'24.401 1.801 0.108 226.191
17 23 Thailand Alexander Albon  Toro Rosso Honda 40 1'24.675 2.075 0.274 225.459
18 4 United Kingdom Lando Norris  McLaren Renault 26 1'24.733 2.133 0.058 225.305
19 63 United Kingdom George Russell  Williams Mercedes 32 1'26.453 3.853 1.720 220.822
20 88 Poland Robert Kubica  Williams Mercedes 33 1'26.655 4.055 0.202 220.308

Próximo artigo
F1 adia prazo sobre fornecimento de câmbios para 2021

Artigo anterior

F1 adia prazo sobre fornecimento de câmbios para 2021

Próximo artigo

Renault: Programas no estilo Netflix devem equilibrar realidade e ficção

Renault: Programas no estilo Netflix devem equilibrar realidade e ficção
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1