Hamilton rebate críticas: “pressão do pneu não fez diferença”

Piloto chega 25 segundos à frente de Sebastian Vettel da Ferrari, mas pode ser punido após correr com pressão abaixo do permitido

Hamilton rebate críticas: “pressão do pneu não fez diferença”
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 e Valtteri Bottas, Williams
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W06 lidera no início da prova
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W06
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W06
Carregar reprodutor de áudio

O resultado do GP da Itália pode se tonar um dos mais polêmicos na história da Fórmula 1. Isso porque Lewis Hamilton pode ganhar a corrida na pista, mas não levar o prêmio. Um de seus pneus traseiros estava com 0.3 de pressão a menos do que o recomendado pela Pirelli.

Bombardeado por perguntas depois da corrida, Lewis se esquivou: “Não sei, não é meu trabalho pensar nisso.”

“Eu realmente não tenho o que dizer sobre isso, o time tem feito um grande trabalho neste ano. Apenas extraí o melhor de mim e do carro.”

“Fórmula 1 é correr ao máximo sempre. Todos os carros aqui são limitados em muitas coisas. Não sei quanto minha pressão de pneus estava abaixo. Se foi realmente 0.3 de pressão, não fez nenhuma diferença. Só 0.5 ou 1 PSI faria diferença.”

“Acho que a minha equipe pode provar isso. E foi só um pneu, não todos. Isso não faria muita diferença. Não ganhamos por isso.”

Hamilton agradeceu também muito ao time. “Não conseguiria ter feito isso sem a minha equipe aqui. Esta equipe tem sido demais.”

Ele também cumprimentou os fãs. “Olhem só a torcida. Isso é incrível. Os fãs aqui são inacreditáveis. Vocês são os melhores.”

compartilhar
comentários
No pódio, Massa se diz “velho demais” para disputa no final
Artigo anterior

No pódio, Massa se diz “velho demais” para disputa no final

Próximo artigo

Desolado, Rosberg lamenta estouro do motor no fim da prova

Desolado, Rosberg lamenta estouro do motor no fim da prova
Carregar comentários