Hamilton vai ter dificuldades para virar jogo, diz ex-piloto

Escocês Allan McNish acredita que Nico Rosberg esteja no melhor momento da carreira, mas ainda confia em potencial de Lewis

Hamilton vai ter dificuldades para virar jogo, diz ex-piloto
Allan McNish, apresentador BBC F1
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team W07
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team W07 on the grid
Winner Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team in parc ferme
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team W07
Allan McNish, Apresentador da BBC F1
Race winner Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team celebrates with team mate Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 Team and the team
Carregar reprodutor de áudio

Vencedor das últimas seis corridas, Nico Rosberg vem em grande fase. Vulnerável às pressões de Lewis Hamilton nos últimos dois anos, o alemão se acertou e no momento tem andado melhor que o companheiro tricampeão do mundo.

Para o ex-piloto e comentarista Allan McNish, Hamilton vai ter grandes dificuldades para superar Nico.

“Rosberg está mais forte e mais confortável do que jamais esteve antes. Ele tem seis vitórias consecutivas agora desde o GP do México do ano passado”, falou McNish em sua coluna na BBC.

“Se vencer na Rússia neste fim de semana, ele estará em segundo lugar na lista de todos os tempos de vitórias consecutivas ao lado de Alberto Ascari e Michael Schumacher. Ele está com uma confiança e uma sensação que sugere que está em um bom momento agora.”

“Rosberg está em um momento que pode levá-lo além por mais algumas corridas, e eu nunca gostei de permitir que os meus companheiros tivessem essa vantagem.”

Mesmo assim, o escocês crê que Hamilton ainda possa virar o jogo. “Hamilton voltará, tenho certeza. Mas acho que será mais difícil para ele do que foi em 2014.”

“É crucial que o britânico não se frustre e não deixe que problemas cheguem até ele. O importante para ele é fazer o que faz de melhor: classificar bem e correr na frente.”

compartilhar
comentários
F1 correrá em 1º de maio pela 1ª vez desde morte de Senna
Artigo anterior

F1 correrá em 1º de maio pela 1ª vez desde morte de Senna

Próximo artigo

Verstappen: “quero lutar por pódios no ano que vem”

Verstappen: “quero lutar por pódios no ano que vem”