Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
11 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
39 dias

História da F1 mostra que tática da Ferrari para recuperar vitória de Vettel no Canadá não surte efeito

compartilhar
comentários
História da F1 mostra que tática da Ferrari para recuperar vitória de Vettel no Canadá não surte efeito
Por:
, Repórter
14 de jun de 2019 15:07

Time de Maranello tenta convencer a FIA a revisar o gancho aplicado ao tetracampeão, mas empreitada tende a não dar certo

A polêmica punição a Sebastian Vettel no GP do Canadá, que tirou a vitória do piloto alemão na corrida de Montreal, segue repercutindo. Agora, a bola da vez é a tentativa da Ferrari de fazer com que a FIA revise a manobra do alemão, punido em 5 segundos no tempo de prova por voltar perigosamente à pista após escapada na chicane do circuito Gilles Villeneuve.

Com o gancho, o tetracampeão caiu para segundo e o triunfo foi herdado por Lewis Hamilton, da Mercedes. O time de Maranello tenta convencer a FIA a revisar a punição, mas a história da Fórmula 1 mostra que a tentativa da escuderia italiana deve ser em vão. É o que aponta o levantamento realizado pelo Motorsport.com Brasil.

Leia também:

Ao longo da história da F1, o número de corridas em que o vencedor ganhou na pista mas não levou o triunfo já não é dos maiores. Apesar dos protestos, as punições não foram retiradas, o que mostra que a Ferrari deve fracassar em sua empreitada. Confira outros casos emblemáticos na galeria abaixo:

Galeria
Lista

GP da Inglaterra, 1976

GP da Inglaterra, 1976
1/11

Foto de: LAT Images

James Hunt se envolveu em batida que gerou bandeira vermelha logo após a largada. O britânico cortou caminho para voltar aos boxes e fazer reparos em sua McLaren. Os comissários disseram que ele não poderia relargar por ter ido para o pit sem completar uma volta, mas a torcida se revoltou. Com medo de piores consequências, os comissários voltaram atrás

GP da Inglaterra, 1976

GP da Inglaterra, 1976
2/11

Foto de: Sutton Motorsport Images

Após a relargada, Hunt venceu, com Niki Lauda em segundo com a Ferrari. Dois meses depois, o britânico foi desclassificado e a vitória foi herdada por seu rival austríaco. O resultado se deu por um processo movido por várias equipes, inclusive a Ferrari

GP do Brasil, 1982

GP do Brasil, 1982
3/11

Foto de: Sutton Motorsport Images

Defendendo seu título mundial, Nelson Piquet foi o grande vencedor em Jacarepaguá, seguido por Keke Rosberg. Só que ambos foram desclassificados por seus carros estarem abaixo do peso. Com isso, Alain Prost herdou o triunfo

GP do Brasil, 1982

GP do Brasil, 1982
4/11

Foto de: LAT Images

Houve recurso contra as desclassificações, mas os tribunais da FIA mantiveram a decisão sete meses depois, para azar de Piquet

GP do Japão, 1989

GP do Japão, 1989
5/11

Foto de: LAT Images

Este é um dos casos mais icônicos da história da Fórmula 1. Na famosa corrida que decidiu o título de 1989 no auge da rivalidade entre Ayrton Senna e Alain Prost, o brasileiro venceu na pista, mas não ficou com o triunfo. Depois de Prost jogar sua McLaren contra o companheiro na volta 46, o brasileiro cortou a chicane e retornou ao circuito para vencer a prova. Não por muito tempo

GP do Japão, 1989

GP do Japão, 1989
6/11

Foto de: Sutton Motorsport Images

Após o encerramento da corrida, Senna foi desclassificado por cortar o caminho e a vitória caiu no colo do italiano Alessandro Nannini, da Benetton. Bom para Prost, que estava perdendo o título, mas acabou a temporada na ponta após a decisão da FIA, na época presidida por seu amigo e conterrâneo Jean-Marie Balestre

GP do Canadá, 1990

GP do Canadá, 1990
7/11

Foto de: Sutton Motorsport Images

Na pista, a corrida em Montreal foi vencida pelo companheiro e amigo de Senna, Gerhard Berger. Entretanto, o austríaco tomou punição de 25 segundos por queima de largada e caiu para quarto, legando a vitória ao brasileiro, que rumava para o bicampeonato

GP da Bélgica, 1994

GP da Bélgica, 1994
8/11

Foto de: Sutton Motorsport Images

Na prova em que o então piloto da Jordan Rubens Barrichello fez sua primeira pole position na F1, Michael Schumacher, que largou em segundo com a Benetton, foi o vencedor. Mas o alemão não ficou com o triunfo em Spa-Francorchamps

GP da Bélgica, 1994

GP da Bélgica, 1994
9/11

Foto de: LAT Images

Logo após a corrida, a Benetton do piloto foi checada e se descobriram irregularidades no assoalho, que levaram a uma desclassificação de Schumacher. Com isso, Damon Hill herdou a vitória para a Williams

GP da Bélgica, 2008

GP da Bélgica, 2008
10/11

Foto de: Sutton Motorsport Images

Naquela corrida, a chicane vitimou o vencedor uma vez mais. Lewis Hamilton venceu na pista, mas o então piloto da McLaren recebeu punição de 25 segundos por cortar a chicane para ultrapassar o campeão Kimi Raikkonen

GP da Bélgica, 2008

GP da Bélgica, 2008
11/11

Foto de: Sutton Motorsport Images

Com o gancho, o britânico caiu para terceiro, promovendo Felipe Massa ao primeiro posto com a Ferrari. Nick Heidfeld ficou em segundo com a BMW Sauber. A McLaren recorreu, mas sem sucesso. Mais uma tentativa em vão na história da F1

Próximo artigo
Red Bull: Pequenos ganhos da Honda podem fazer grande diferença

Artigo anterior

Red Bull: Pequenos ganhos da Honda podem fazer grande diferença

Próximo artigo

F1 oferece pontos de superlicença por treinos de sexta-feira

F1 oferece pontos de superlicença por treinos de sexta-feira
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel Compre Agora
Equipes Scuderia Ferrari
Autor Carlos Costa