Horner apoia Hamilton e critica Mercedes: "ingênua"

compartilhar
comentários
Horner apoia Hamilton e critica Mercedes: "ingênua"
Por:
Traduzido por: Gabriel Carvalho

Chefe da Red Bull afirma que não esperava estratégia diferente por parte de Lewis Hamilton no GP de Abu Dhabi e debocha de inocência de time alemão

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 celebrates his World Championship with the team
The podium: second place Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 celebrates his World Championship with race winner and team mate Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1

Antes do final de semana do GP de Abu Dhabi, Christian Horner dissera que a única opção para Lewis Hamilton no GP de Abu Dhabi seria segurar o ritmo na liderança, para que assim os demais adversários pudessem ultrapassar Nico Rosberg - o alemão precisava chegar, no máximo, em quarto lugar para Hamilton poder chegar ao tetra com a vitória em Yas Marina.

Hamilton utilizou a estratégia, mas Rosberg terminou em segundo - resultado mais do que suficiente para a conquista do título inédito para o germânico. Após o GP de Abu Dhabi, Horner foi questionado se ficou surpreso com o que Hamilton fez durante a prova.

"Eu não esperava nada diferente dele. Ele jogou com as regras. Vencer não seria suficiente para ele, que precisava de carros entre ele e Rosberg. Se ele tivesse disparado à frente, ele jamais teria criado tal possibilidade", disse Horner.

"Ele venceu a corrida do modo mais lento possível. É como em um jogo de futebol, quando você mantém a posse de bola para evitar que o adversário te ataque. Não creio que ele tenha feito nada de errado na corrida. Havia apenas dois pilotos na disputa pelo título, era bastante óbvio que ele faria o que fez", afirmou.

Além disso, Horner debochou da ingenuidade da Mercedes, que disse não ter certeza de que Hamilton faria tal estratégia na hora da corrida em Yas Marina.

"Na situação em que eles estavam, era o que poderia acontecer. Parabéns a Nico, que teve uma grande temporada e foi campeão com justiça. A Mercedes foi ingênua de pensar que Hamilton teria uma abordagem distinta do que teve", disse.

"Para Lewis, vencer não seria suficiente e ele fez uma corrida tática, não fazendo nada de errado. Ele não fez nada contra as regras e creio que seja injusto criticar Lewis pelo modo como ele pilotou", completou.

Monza renova com F1 e garante GP da Itália até 2019

Artigo anterior

Monza renova com F1 e garante GP da Itália até 2019

Próximo artigo

Entrevista: Keke Rosberg quebra silêncio após título de Nico

Entrevista: Keke Rosberg quebra silêncio após título de Nico
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Abu Dhabi
Localização Yas Marina Circuit
Pilotos Lewis Hamilton , Nico Rosberg
Equipes Red Bull Racing , Mercedes
Autor Jonathan Noble