Fórmula 1
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
70 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
84 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
91 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
119 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
147 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
154 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
168 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
175 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
189 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
203 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
210 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
224 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
238 dias

Horner: "F1 acordou para os problemas do esporte"

compartilhar
comentários
Horner: "F1 acordou para os problemas do esporte"
Por:
20 de dez de 2015 11:40

Chefe da Red Bull de que equipe não enfrentará nova crise na tentativa de encontrar motor para próximo ano já que acredita que F1 acordou para os problemas do esporte

Christian Horner, Red Bull Racing Team com Jonathan Noble, editor do Motorsport.com
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB11
Christian Horner, Red Bull Racing Team Principal and Cyril Abiteboul, Renault Sport F1 Managing Director in the FIA Press Conference
Christian Horner, Red Bull Racing Team Principal and Toto Wolff, Mercedes AMG F1 Shareholder and Executive Director in the FIA Press Conference
(L to R): Christian Horner, Red Bull Racing Team Principal with Dr Helmut Marko, Red Bull Motorsport Consultant and Jerome Stoll, Renault Sport F1 President
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing
Red Bull Racing, Renault Sport F1 29

A Red Bull só pôde confirmar seus planos para 2016 após a última etapa do campeonato, em Abu Dhabi, com o acordo com a Renault/TAG Heuer para sua unidade de potência.

A resolução veio após meses de incertezas, com o time considerando a possibilidade de sair da F1, caso não conseguisse arrumar um motor.

Embora o negócio com a Renault seja somente para 2016, Christian Horner, chefe da equipe, está confiante de que o time não terá os mesmos problemas enfrentados na tentativa de conseguir um contrato para suas unidades de potência para 2017.

"Estamos em muito melhor forma", disse Horner. "Acho que a F1 acordou na questão dos custos de fornecimento de motores."

"Por quanto tempo a Honda vai sobreviver com performances como a deste ano? Como você trabalha para ter novos fabricantes no esporte? Quanto tempo eles podem lidar com os custos atuais da F1? As soluções precisam ser encontradas."

E ele acrescentou: "a grande coisa é que estaremos no grid na próxima temporada e não há nenhuma dúvida sobre isso. E estaremos em uma posição, melhor do que estivemos neste ano."

"Acredito que muitas coisas vão mudar. A FIA está focada nisso agora. Jean Todt, para ser justo com ele, está dando a cara para bater e quer resolver isso."

Futuro brilhante

Horner aceita a ideia de que o acordo com a Renault veio tarde e que pode enfrentar problemas durante a próxima temporada, mas isso não tira a confiança para o futuro.

"Acho que o início será difícil. Esperamos fazer progressos durante a segunda metade da temporada."

Visando 2017, Horner diz que o time pode estar melhor, mesmo não tendo um acordo com alguma fabricante, mas no geral, a competitividade entre as equipes poderão ter mudado.

"No último ano , o motor da Ferrari parecia um dos piores, então você vê que as coisas podem mudar rapidamente. Vamos ver o que vai acontecer nos próximos três, quatro meses."

"Acho que 2017 representa um novo começo porque haverá um fabricante de motores disponível ou alternativo para nós."

"Haverá também um novo conjunto de regulamentos de chassi, que é outra boa nova oportunidade. Então acredito que poderemos ter um futuro brilhante, já que temos acordos com grandes parceiros."

Próximo artigo
Vergne respeita decisão de não ter sido escolhido pela Haas

Artigo anterior

Vergne respeita decisão de não ter sido escolhido pela Haas

Próximo artigo

Mercedes ironiza Red Bull em corrida na recepção da equipe

Mercedes ironiza Red Bull em corrida na recepção da equipe
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing Compre Agora
Autor Jonathan Noble