Fórmula 1
02 jul
-
05 jul
Evento encerrado
09 jul
-
12 jul
Evento em andamento . . .
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
6 dias
R
GP de 70º aniversário
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
27 dias
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
48 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
55 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Canceled
24 set
-
27 set
Próximo evento em
76 dias
08 out
-
11 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
104 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
111 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
125 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
139 dias

Horner: Liberty “subestimou” o desafio de gerenciar a F1

compartilhar
comentários
Horner: Liberty “subestimou” o desafio de gerenciar a F1
7 de fev de 2019 16:02

O chefe da Red Bull, Christian Horner, considera que o grupo Liberty Media subestimou o desafio de administrar a categoria, já que vem enfrentando dificuldades em aprovar suas pautas.

O Liberty assumiu o controle da F1 no início de 2017, e desde então vem trabalhando por mudanças após a temporada de 2020 – último ano de vigência do atual Pacto de Concórdia. No entanto, algumas propostas enfrentam resistência das equipes, especialmente a tentativa de simplificar os motores.

Para Horner, a nova diretoria adotou uma mentalidade não tão adequada. “Acho que eles subestimaram totalmente aquilo que eles estavam assumindo”, disse o chefe da Red Bull.

“Eles provavelmente pensaram que era uma fruta em uma árvore baixa, mas se mostrou algo terrivelmente mais difícil do que eles achavam. Eles seguem determinados e convencidos de que há o potencial para levar a categoria a um nível além.”

Horner indicou que a mentalidade utilizada em esportes americanos não é a mais adequada para uma modalidade estabelecida de longa data como a F1.

“Há a constante comparação dos esportes americanos e suas franquias versus a F1”, disse. “Os esportes americanos funcionam nos Estados Unidos e não funcionam em escala global. A F1 tem um apelo diferente.”

“Ela é uma das maiores categorias do mundo, e você não pode simplesmente aplicar a abordagem americana em algo que está estabelecido há 60, 70 anos como um esporte global.”

Entre as propostas mais conhecidas do Liberty para 2021 estão o teto de gastos, uma distribuição financeira entre as equipes menos desigual e uma reforma no regulamento técnico.

Próximo artigo
Compare os carros da Haas de 2018 e 2019

Artigo anterior

Compare os carros da Haas de 2018 e 2019

Próximo artigo

Williams mostrará novo carro na próxima segunda-feira

Williams mostrará novo carro na próxima segunda-feira
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1