Hulkenberg: repetir 2016 vai ser difícil para Force India

Depois de ficar em quarto no mundial e derrotar Williams, alemão acha difícil repetir performance em 2017

Hulkenberg: repetir 2016 vai ser difícil para Force India
Nico Hulkenberg, Sahara Force India F1
Nico Hulkenberg, Sahara Force India F1 VJM09
Nico Hulkenberg, Sahara Force India F1
Nico Hulkenberg, Sahara Force India F1 VJM09 leads team mate Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM09
Nico Hulkenberg, Sahara Force India F1 VJM09 and Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM09 battle for position
Nico Hulkenberg, Sahara Force India F1

De ida para a Renault em 2017, Nico Hulkenberg acha difícil para a Force India repetir a grande campanha feita em 2016. O time conquistou o quarto lugar no campeonato de construtores, apenas atrás de Mercedes, Red Bull e Ferrari e se mostrou ser a principal força do meio do grid na segunda parte da temporada.

"Difícil prever", disse Hulkenberg quando perguntado onde a Force India poderá ir em 2017. "Para avançar mais, reduzir a diferença e estar com as três equipes, vai ser muito difícil.”

"Acho que eles precisariam de um pouco mais de orçamento, mais recursos. Acho que as pessoas estão lá. Temos uma equipe muito boa na pista, mas também na fábrica. É um desafio enorme, não é fácil."

A melhor temporada da Force India não foi tão doce para Hulkenberg, já que ele não conseguiu nenhum pódio e seu companheiro Sergio Perez conquistou dois – em Mônaco e Baku. Hulkenberg terminou 29 pontos atrás do piloto mexicano, mas diz que não está frustrado com a campanha como um todo.

“Sem arrependimentos. É óbvio que tivemos alguns eventos, como o Mônaco, onde cometemos um erro no lado da estratégia. Tínhamos um bom resultado na mesa – provavelmente o melhor. Foi a maior frustração da temporada."

compartilhar
comentários
Manor ganhou respeito do paddock da F1, crê chefe
Artigo anterior

Manor ganhou respeito do paddock da F1, crê chefe

Próximo artigo

Pilotos comemoram virada do ano nas redes sociais

Pilotos comemoram virada do ano nas redes sociais
Carregar comentários