Fórmula 1
R
GP de Eifel
09 out
Próximo evento em
20 dias
R
GP de Portugal
23 out
Próximo evento em
34 dias
04 dez
Próximo evento em
76 dias
R
GP de Abu Dhabi
11 dez
Próximo evento em
83 dias

Justiça libera audiência sobre autódromo que quer receber F1 no RJ

compartilhar
comentários
Justiça libera audiência sobre autódromo que quer receber F1 no RJ

Com a autorização conseguida pela prefeitura, a reunião virtual está marcada para esta sexta-feira

A Justiça do Rio de Janeiro autorizou a realização de uma audiência pública virtual sobre a construção de um novo autódromo na capital fluminense. A sessão está marcada para esta sexta-feira, 19 horas. O encontro tinha sido suspenso por uma decisão judicial na terça. A pauta a ser discutida é o impacto ambiental que a obra pode causar na Floresta do Camboatá. O projeto pretende levar o GP do Brasil de Fórmula 1 ao Rio.

O autódromo é orçado em cerca de R$ 800 milhões – e visto pela prefeitura do Rio, pelo governo estadual e pelo presidente Jair Bolsonaro como trunfo para desbancar a concorrência de São Paulo e levar novamente a corrida da F1 à capital fluminense.

Leia também:

A assinatura do contrato entre a prefeitura e o consórcio Rio Motorsports, responsável pela obra, depende da aprovação do estudo de impacto ambiental (EIA-Rima). Tal passo seria dado em março em audiência pública, que foi suspensa devido à pandemia do novo coronavírus. Uma nova audiência pública, esta virtual, chegou a ser marcada, mas também foi suspensa por decisão judicial.

A Floresta do Camboatá, cedida pelo Exército em Deodoro, na zona norte, é considerada o último lugar de Mata Atlântica de áreas planas na cidade e abriga mais de 200 mil árvores, em área equivalente a 120 campos de futebol.

A Rio Motorsports pretende compensar o impacto ambiental causado pela construção da pista com uma série de ações, como o replantio de 700 mil árvores, a reutilização de água e políticas de neutralização de carbono.

Rio de Janeiro busca desbancar São Paulo como sede do GP do Brasil de F1

Desde o ano passado, as duas cidades travam disputa para receber a etapa brasileira da F1 no futuro. Embora a capital paulista já tenha um autódromo pronto e bastante popular (Interlagos), falta à 'candidatura' paulistana o aporte financeiro que os cariocas dizem ter. São Paulo tem o 'ônus' de ser uma das duas provas da F1, junto de Mônaco, que não pagam taxa para a categoria para sediar uma corrida.

Os promotores da etapa de Interlagos querem uma renovação de longo prazo com a F1. Porém, enfrentam a concorrência fluminense. O Rio teria oferecido cerca de US$ 65 milhões (R$ 353 milhões). Já São Paulo teria feito proposta de US$ 20 milhões (R$ 109 milhões). Segundo o jornal Estadão, os cariocas estariam perto de desbancar os paulistas para ter a prova brasileira da categoria máxima do automobilismo mundial.

Presidente Bolsonaro quer F1 no Rio

O projeto de levar a F1 para o Rio tem forte apoio político do presidente. O mandatário é paulista, mas fez sua carreira política no Rio e um de seus filhos, Flávio Bolsonaro, é senador pelo estado. Outro herdeiro de Jair, Carlos Bolsonaro é vereador na capital. Todos já defenderam publicamente a construção do autódromo em Deodoro. A iniciativa também tem contrato para receber a MotoGP em 2022, mas as obras parecem longe de começar.

De todo modo, a Secretaria de Esporte do Rio de Janeiro aprovou, em novembro, o projeto para a realização da prova por dez anos na na capital, autorizando captação de R$ 302 milhões em incentivos fiscais para o GP do Brasil de F1 em 2021 e 2022.

Seriam R$ 151 milhões por evento, mas, como o valor começará a ser pago antes, não haverá estouro do limite de R$ 138 milhões anuais previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O valor será investido para pagar parte da taxa à Liberty Media para a realização da prova.

Top-5: As melhores corridas de F1 em Interlagos, que completou 80 anos em 2020

Podcast Motorsport.com debate críticas a Hamilton e recebe Eric Granado; ouça

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

SEXTA-LIVRE: A punição da Racing Point e os destaques da sexta da F1 em Silverstone

Artigo anterior

SEXTA-LIVRE: A punição da Racing Point e os destaques da sexta da F1 em Silverstone

Próximo artigo

Hamilton dá o troco em Bottas e é o mais rápido do dia na Inglaterra

Hamilton dá o troco em Bottas e é o mais rápido do dia na Inglaterra
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1