Kimi mantém otimismo: Muitas coisas podem mudar amanhã

Finlandês que fez o segundo melhor tempo pela manhã, explica queda de rendimento no segundo treino livre, mas mantém boa perspectiva para sábado

Kimi mantém otimismo: Muitas coisas podem mudar amanhã
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70-H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari
Kimi Raikkonen, Ferrari
Carregar reprodutor de áudio

Kimi Raikkonen teve um bom rendimento com a Ferrari nesta sexta-feira (28) em Hungaroring, no primeiro dia de trabalho na pista visando o GP da Hungria. No primeiro treino livre, o finlandês conseguiu a segunda melhor marca. Na tarde húngara, ele trouxe apenas o quarto tempo, vendo seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel, ser o segundo, mas estando à frente de Lewis Hamilton, que ficou em quinto.

Ao final do dia de trabalho, Kimi comentou a sua performance e do carro.

"Foi um dia normal de trabalho. Começamos muito bem pela manhã, enquanto que à tarde foi um pouco mais complicado."

"Quando parei na pista, foi porque perdi o controle do acelerador por um minuto, mas depois me recuperei e pude continuar. Não foi uma coisa importante, às vezes tais problemas podem acontecer."

Raikkonen minimizou os problemas de continuidade com as bandeiras vermelhas que Pascal Wehrlein e Jolyon Palmer trouxeram.

"As condições não eram as mais fáceis e seguras, devido às bandeiras vermelhas. No entanto, não foi muito ruim."

"Hoje, os tempos de volta foram muito próximos, mas você pode esperar que nesse tipo de pista muitas coisas podem mudar a partir de amanhã."

"Temos de fazer o nosso melhor e espero que seja o suficiente para nos colocar à frente, então cabe a nós competir o mais rápido possível."

compartilhar
comentários
Hamilton e Bottas dizem que sexta não foi boa para Mercedes
Artigo anterior

Hamilton e Bottas dizem que sexta não foi boa para Mercedes

Próximo artigo

Magnussen reclama de Hamilton: "Sempre entra no meu caminho"

Magnussen reclama de Hamilton: "Sempre entra no meu caminho"