Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
23 dias
06 mai
Próximo evento em
65 dias
20 mai
Próximo evento em
79 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
93 dias
10 jun
Próximo evento em
100 dias
24 jun
Próximo evento em
114 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
121 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
135 dias
29 jul
Próximo evento em
149 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
177 dias
02 set
Próximo evento em
184 dias
09 set
Próximo evento em
191 dias
23 set
Próximo evento em
205 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
212 dias
07 out
Próximo evento em
219 dias
21 out
Próximo evento em
233 dias
28 out
Próximo evento em
240 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
276 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
285 dias

Marko: nenhum jovem da Red Bull chega perto de Verstappen

De acordo com consultor da empresa, atuais membros do programa de desenvolvimento de pilotos não fazem o suficiente para chegar à F1

compartilhar
comentários
Marko: nenhum jovem da Red Bull chega perto de Verstappen

A Red Bull, acostumada a revelar talentos como Sebastian Vettel, Daniel Ricciardo e Max Verstappen, considera que não tem sob contrato ninguém na fila para ingressar na F1 e brilhar na principal categoria do automobilismo mundial.

De acordo com o consultor da empresa, Helmut Marko, os atuais integrantes do programa de desenvolvimento de pilotos da Red Bull não possuem o mesmo nível de seus antecessores, o que pode dificultar a renovação na F1.

O programa atualmente conta com cinco nomes: Richard Verschoor, Neil Verhagen, Dan Ticktum, Niko Kari e Pierre Gasly, este último campeão da GP2 (atual F2) e representante da Super Fórmula japonesa.

“Na nova geração, ninguém chega perto do nível de Verstappen. Na GP3 temos Niko Kari, que é finlandês. Ele pode ser muito rápido a longo prazo e possivelmente chegar longe”, disse Marko.

“Temos Verhagen, que ainda precisa de tempo, já que o trajeto do automobilismo nos EUA é outro nível. Não dá para compará-lo aos europeus. Verschoor venceu títulos na F4, mas, agora, suas performances são decepcionantes. E então temos Tiicktum, que não é consistente o bastante”, observou. 

Chefe da Mercedes quer motores barulhentos de volta à F1

Artigo anterior

Chefe da Mercedes quer motores barulhentos de volta à F1

Próximo artigo

Williams comemora aniversário de 40 anos em Silverstone

Williams comemora aniversário de 40 anos em Silverstone
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1