McLaren revoluciona com novo design de asa traseira

McLaren planeja testar uma asa traseira radical nos treinos para o GP da Áustria, o que pode abrir uma nova vertente na Fórmula 1

McLaren revoluciona com novo design de asa traseira

Embora muitas equipes agora estejam mudando o foco para as iminentes mudanças de regulamento para 2017, algumas peças diferentes e evoluções continuam a aparecer nos carros deste ano.

McLaren é uma das equipes determinados a tirar o máximo de cada oportunidade. A escuderia chegou ao Red Bull Ring com um design radical na asa traseira que será observado de perto pelas rivais.

Enquanto o plano principal e a aba superior são convencionais na sua concepção, as placas terminais certamente não.

As novas placas terminais da asa traseira apresentam fendas altas que permitem o fluxo de ar passar entre as superfícies, com pequenas tábuas horizontais usadas ​​para preencher a lacuna entre cada superfície.

Este design agressivo não só deve reduzir o arrasto, mas aumentar downforce também.

 

McLaren MP4-31 rear wing detail
McLaren MP4-31 asa detalhe

Foto: Giorgio Piola

A especificação mais velha (acima) foi bastante perfurada já para desviar os canais de fluxo de ar. Isso aumentava essencialmente a extensão da asa sob uma ampla gama de condições.

 

McLaren MP4/29 rear wing vortex
McLaren MP4/29 asa vortex

Foto: Giorgio Piola

As novas placas terminais são remanescentes de uma característica da McLaren que persiste desde o projeto de 2014 (acima), que contou com cortes verticais alongados utilizados para conectar a estrutura da asa traseira com o fluxo de ar do difusor embaixo para melhorar a estabilidade.

compartilhar
comentários
Massa: “vou escolher o que quero fazer em 2017”

Artigo anterior

Massa: “vou escolher o que quero fazer em 2017”

Próximo artigo

GALERIA: Ricciardo completa 27 anos; relembre carreira

GALERIA: Ricciardo completa 27 anos; relembre carreira
Carregar comentários