“Não foi o resultado que a equipe merecia”, diz Vettel

Quarto colocado no GP do Canadá, alemão tira proveito de “corrida divertida” e questiona se Verstappen não poderia ter dado mais espaço na largada

“Não foi o resultado que a equipe merecia”, diz Vettel
Sergio Perez, Sahara Force India VJM10, Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10 and Sebastian Vettel, Ferrari SF70H battle
Sergio Perez, Sahara Force India VJM10, Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10 and Sebastian Vettel, Ferrari SF70H battle
Sergio Perez, Sahara Force India VJM10, Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10 and Sebastian Vettel, Ferrari SF70H battle
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H pit stop
Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10, Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10 and Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, pit stop action
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H leaves his pit stop after a front wing change

Sebastian Vettel considera que o quarto lugar obtido no GP do Canadá ficou muito aquém do que a Ferrari de fato merecia na sétima etapa da temporada de 2017 da F1.

O alemão, que largou em segundo lugar no grid, enfrentou problemas durante a corrida, especialmente com um toque logo nos metros iniciais com Max Verstappen. Apesar de ter feito boa corrida de recuperação, o líder do campeonato acredita que o fim de semana poderia ter sido mais positivo para a Ferrari.

“Acredito que hoje tenha sido um daqueles dias infelizes. O carro não estava ruim – tivemos alguns danos, mas ele era veloz. Fiquei na briga e tive uma corrida mais divertida do que se fosse uma corrida solitária, mas o resultado não foi aquilo que a equipe merecia”, afirmou o alemão.

O ponto importante para o desenvolvimento de sua prova foi a largada, quando acabou superado por Valtteri Bottas e Max Verstappen. “Creio que minha largada não tenha sido boa, mas também não foi tão ruim assim. Com certeza fiquei surpreso com Bottas – não entendi como ele conseguiu aderência do lado de dentro da pista. E também podemos discutir se Verstappen poderia me deixar mais espaço, mas aconteceu do jeito que aconteceu”, resignou-se.

Com o resultado, Vettel viu a diferença para Lewis Hamilton cair de 25 para 12 pontos. 

compartilhar
comentários
Hamilton: GP do Canadá foi um duro golpe para Ferrari
Artigo anterior

Hamilton: GP do Canadá foi um duro golpe para Ferrari

Próximo artigo

Glória de Hamilton, azar de Massa: imagens do dia no Canadá

Glória de Hamilton, azar de Massa: imagens do dia no Canadá
Carregar comentários