Não precisamos do Halo na Fórmula 1, diz Kvyat após teste

Utilizando protetor de cockpit no primeiro treino livre em Austin, piloto russo da Toro Rosso vê segurança suficiente na F1

Não precisamos do Halo na Fórmula 1, diz Kvyat após teste
Daniil Kvyat, Scuderia Toro Rosso STR11
Daniil Kvyat, Scuderia Toro Rosso STR11
(L to R): Carlos Sainz Jr, Scuderia Toro Rosso with team mate Daniil Kvyat, Scuderia Toro Rosso
Daniil Kvyat, Scuderia Toro Rosso STR11 spins

Após testar pela primeira vez o Halo nesta última sexta-feira, Daniil Kvyat disse que não acredita que o suporte protetor de cockpit seja algo que a Fórmula 1 precisa.

O campeonato tem tentado aumentar a proteção para a cabeça dos pilotos. A implementação do Halo, que envolve o cockpit na forma de três suportes, é a escolha da FIA a partir do ano de 2018.

Depois de aparições limitadas na primeira metade da temporada, vários pilotos e equipes têm testado o Halo em sessões de treinos livres neste segundo semestre.

Kvyat se juntou a Valtteri Bottas, Esteban Ocon e Nico Hulkenberg no teste desta sexta no Circuito das Américas. Mas enquanto a maioria dos pilotos é a favor do novo dispositivo, Kvyat não está convencido de sua necessidade.

"Eu tentei o Halo no TL1 e eu acho que não há grandes problemas de visibilidade", falou o russo.

"Claro, é um item válido, mas na minha opinião já há há segurança suficiente na Fórmula 1 e nós não precisamos disso. Mas a decisão não é minha."

compartilhar
comentários
Pilotos pedem e FIA deve proibir defesa de posição em freada
Artigo anterior

Pilotos pedem e FIA deve proibir defesa de posição em freada

Próximo artigo

Tranquilo, Hamilton conquista pole nos EUA; Massa é 9º

Tranquilo, Hamilton conquista pole nos EUA; Massa é 9º
Carregar comentários