Pirelli e F1 decidem acrescentar ano extra de contrato

Acordo da fornecedora de pneus e categoria agora vai até 2024. Mudança foi ocasionada pela pandemia e atraso nos novos regulamentos

Pirelli e F1 decidem acrescentar ano extra de contrato

A Pirelli obteve um ano extra em seu atual contrato de fornecimento de pneus para a Fórmula 1 para compensar o atraso na introdução dos novos regulamentos técnicos.

O acordo mais recente da Pirelli cobria as quatro temporadas de 2020 a 2023, e apenas a primeira foi com pneus tradicionais de 13 polegadas antes da mudança originalmente planejada para 18 polegadas em 2021.

Leia também:

No entanto, quando a pandemia chegou no ano passado, os novos regulamentos da F1 foram adiados para 2022, o que significou que a Pirelli teria sido garantida apenas dois anos com a borracha de 18 polegadas em 2022 e 2023 antes de perder potencialmente no próximo processo de licitação .

Reconhecendo que a situação era injusta para a Pirelli, dado o investimento necessário, a FIA e a F1 propuseram uma prorrogação até 2024 que a Pirelli aceitou. A empresa de pneus tem contratos com ambas as organizações em relação ao acordo de fornecimento, com a F1 cobrindo acordos comerciais.

“Quero agradecer à F1 e à Pirelli por sua colaboração, flexibilidade e compromisso com nosso esporte durante este período mais difícil”, disse o presidente da FIA, Jean Todt. “A Covid-19 nos apresentou desafios significativos em todos os aspectos de nossos negócios, mas trabalhando juntos de uma forma sensata e pragmática, fomos capazes de garantir que a estabilidade e a força de longo prazo da F1 permaneçam inalteradas.”

“A mudança para rodas e pneus de 18 polegadas certamente fornecerá uma imagem mais empolgante para os carros de F1, mas também apresentou um desafio técnico significativo que exige muito investimento e desenvolvimento por parte da Pirelli, pois eles continuam a fornecer pneus de bom desempenho no nível mais alto.”

O CEO da F1, Stefano Domenicali, concordou que uma extensão era a solução certa: “A pandemia causou transtornos em todo o mundo e a F1 não estava imune a isso. Portanto, tomamos as medidas necessárias no ano passado para adiar os regulamentos por um ano até 2022. Estamos muito orgulhosos de nossa parceria com a Pirelli e gratos a eles por sua abordagem construtiva para essa mudança de cronograma.”

O CEO da Pirelli, Marco Tronchetti Provera, acrescentou: “Estamos obviamente satisfeitos por ter chegado a este acordo que estenderá nossa presença no auge do automobilismo mundial até 2024. O automobilismo faz parte do nosso DNA e a F1 representa um laboratório ao ar livre que nos permite aplicar o know-how adquirido na pista em nossos pneus de carro de estrada.”

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Williams APRESENTA carro NOVO, Bia REVELA ameaça de MORTE e BAND mostra DETALHES da cobertura da F1

PODCAST: Como seria a transmissão dos sonhos da F1 no Brasil?

 

compartilhar
comentários
F1: FIA revela causa da bola de fogo em acidente de Grosjean

Artigo anterior

F1: FIA revela causa da bola de fogo em acidente de Grosjean

Próximo artigo

F1: Bottas diz que passou por treinamento "extremo” de inverno, focado na parte mental

F1: Bottas diz que passou por treinamento "extremo” de inverno, focado na parte mental
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper