Por acidente, Button recebe punição que pode nunca cumprir

Após tirar Pascal Wehrlein da corrida em Mônaco, britânico recebe penalização de três lugares no grid de sua próxima corrida

Por acidente, Button recebe punição que pode nunca cumprir
Carregar reprodutor de áudio

O campeão de 2009, Jenson Button, foi punido pelo acidente que o tirou da prova neste domingo (28) em Mônaco. O piloto britânico tentou passar por Pascal Wehrlein no final da corrida e acabou acertando a Sauber do piloto alemão.

Wehrlein, que passou ileso o acidente assustador, no qual ficou com a cabeça no muro sem conseguir sair do carro, descreveu a tentativa de Button como uma "manobra tola".

Em comunicado, os comissários da FIA confirmaram que ouviram Button e Wehrlein, bem como os representantes de suas equipes, antes de emitir o veredito.

A declaração diz: "Tendo analisado todos os ângulos de vídeo, os comissários concluíram que Wehrlein estava na linha de corrida, e que a manobra de Button era pouco provável que resultaria em uma ultrapassagem limpa.”

"Os comissários não consideraram as consequências da colisão, que resultou em Button tentando frear no último momento, o toque com Wehrlein e seu carro para virando de lado."

Avaliando que Button era "predominantemente culpado", os comissários optaram por dar ao britânico uma penalidade de três lugares no grid "para sua próxima corrida nesta temporada".

Button também teve dois pontos de punição acrescidos à sua licença.

Sergio Perez também foi punido pelo acidente com Daniil Kvyat, e teve dez segundos acrescidos em seu tempo de prova. Ele continuou em 13º e último.

compartilhar
comentários
Nono, Massa celebra pontos em Mônaco: “Experiência ajudou”
Artigo anterior

Nono, Massa celebra pontos em Mônaco: “Experiência ajudou”

Próximo artigo

Hamilton vê sétimo como bom resultado após noite em claro

Hamilton vê sétimo como bom resultado após noite em claro
Carregar comentários