Fórmula 1
R
GP de Eifel
09 out
Próximo evento em
20 dias
R
GP de Portugal
23 out
Próximo evento em
34 dias
04 dez
Próximo evento em
76 dias
R
GP de Abu Dhabi
11 dez
Próximo evento em
83 dias

Problema de saúde afasta Marchionne do comando da Ferrari

compartilhar
comentários
Problema de saúde afasta Marchionne do comando da Ferrari
Por:

Sergio Marchionne deixa comando da Fiat e da Ferrari após complicações pós-cirurgia no ombro

Maurizio Arrivabene, Ferrari Team Principal and Louis Camilleri, Chairman of Philip Morris walk the track
Sergio Marchionne, CEO FIAT and Louis Camilleri, Chairman of Philip Morris
Maurizio Arrivabene, Ferrari Team Principal and Louis Camilleri, Chairman of Philip Morris walk the track
Sergio Marchionne, CEO FIAT
Charles Leclerc, Sauber, Lapo Elkann, Fiat
Piero Lardi Ferrari, Ferrari Vice President and Sergio Marchionne, CEO FIAT

Depois de um dia de especulações sobre quem seria o sucessor de Sergio Marchionne, um comunicado da Fiat confirmou que a saúde do italiano se deteriorou o suficiente para que medidas imediatas fossem tomadas.

O comunicado dizia: "A Fiat Chrysler Automobiles N.V. comunica com profundo pesar que durante o curso desta semana surgiram complicações inesperadas enquanto o Sr. Marchionne estava se recuperando de uma cirurgia e que estas pioraram significativamente nas últimas horas.”

"Como consequência, o Sr. Marchionne não poderá retornar ao trabalho."

Como resultado dos desenvolvimentos inesperados, o conselho da Fiat decidiu acelerar um plano de sucessão que estava originalmente sendo implantado para o final deste ano, quando Marchionne deveria deixar o cargo.

Leia também:

Uma proposta foi apresentada a Mike Manley, chefe da Jeep, para assumir como o novo CEO da Fiat na próxima reunião de acionistas. 

Nesse meio tempo, Manley recebeu autoridade total para agir com todos os poderes de CEO na ausência de Marchionne. 

Na Ferrari, o herdeiro da Fiat John Elkann foi nomeado como o novo presidente e a empresa Maranello disse que irá propor aos acionistas que o ex-presidente da Philip Morris, Louis Carey Camilleri, se torne o novo CEO. 

Camilleri já recebeu os poderes para garantir que as operações da empresa continuem até que ele tenha sido formalmente nomeado para o cargo.

Vettel: "Foi uma pena ver Hamilton sair"

Artigo anterior

Vettel: "Foi uma pena ver Hamilton sair"

Próximo artigo

GALERIA: O capacete especial de Sebastian Vettel na Alemanha

GALERIA: O capacete especial de Sebastian Vettel na Alemanha
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble