Prost assume cargo de diretor não-executivo na Renault

Francês assumiu papel mais formal com equipe de Fórmula 1, se tornando diretor não-executivo da companhia

Prost assume cargo de diretor não-executivo na Renault

Alain Prost foi nomeado no início deste mês como membro do conselho da Renault Sport Racing Ltd, como substituto direto do executivo do Grupo Renault, Thierry Bollore. Este último deixou seu cargo na equipe de F1, já que assumiu responsabilidades adicionais no lado dos carros de rua, se tornando CEO da empresa-mãe, em meio à polêmica saída de Carlos Ghosn.

Tetracampeão mundial de F1, Prost foi embaixador e assessor do projeto de F1 da Renault desde que a fabricante francesa assumiu a Lotus no final de 2015. Não está claro se o novo cargo implicará em mudanças no seu dia-a-dia.

Leia também:

Os outros diretores são o chefe de equipe e diretor executivo Cyril Abiteboul, o presidente da companhia, Jerome Stoll, o chefe financeiro do Grupo Renault, Thierry Cognet, e o chefe da Genii, Gerard Lopez, que manteve uma participação minoritária na equipe desde os dias da Lotus por meio de sua organização, a Gravity Motorsports.

O ex-companheiro de equipe da Prost na McLaren, Niki Lauda, ​​ocupou o mesmo cargo de diretor não executivo do Mercedes Grand Prix até a sua morte, em maio.

Confira todos os carros da história da Renault da F1

1977: Renault RS01
1977: Renault RS01
1/21

Foto de: Sutton Motorsport Images

Piloto: Jean-Pierre Jabouille
1978: Renault RS01
1978: Renault RS01
2/21

Foto de: LAT Images

Piloto: Jean-Pierre Jaboullie
1979: Renault RS10
1979: Renault RS10
3/21

Foto de: LAT Images

Pilotos: Rene Arnoux, Jean-Pierre Jabouille
1980: Renault RE20
1980: Renault RE20
4/21

Foto de: LAT Images

Pilotos: Rene Arnoux, Jean-Pierre Jaboullie
1981: Renault RE30
1981: Renault RE30
5/21

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Rene Arnoux, Alain Prost
1982: Renault RE30
1982: Renault RE30
6/21

Foto de: LAT Images

Pilotos: Rene Arnoux, Alain Prost
1983: Renault RE40
1983: Renault RE40
7/21

Foto de: LAT Images

Pilotos: Eddie Cheever, Alain Prost
1984: Renault RE50
1984: Renault RE50
8/21

Foto de: Jean-Philippe Legrand

Pilotos: Philippe Streiff, Patrick Tambay, Derek Warwick
1985: Renault RE60
1985: Renault RE60
9/21

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Francois Hesnault, Patrick Tambay, Derek Warwick
2002: Renault R202
2002: Renault R202
10/21

Foto de: Renault F1

Pilotos: Jenson Button, Jarno Trulli
2003: Renault R23
2003: Renault R23
11/21

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

Pilotos: Fernando Alonso, Jarno Trulli
2004: Renault R24
2004: Renault R24
12/21

Foto de: LAT Images

Pilotos: Fernando Alonso, Jarno Trulli, Jacques Villeneuve
2005: Renault R25
2005: Renault R25
13/21

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Fernando Alonso, Giancarlo Fisichella
2006: Renault R26
2006: Renault R26
14/21

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Fernando Alonso, Giancarlo Fisichella
2007: Renault R27
2007: Renault R27
15/21

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Giancarlo Fisichella, Heikki Kovalainen
2008: Renault R28
2008: Renault R28
16/21

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Fernando Alonso, Nelsinho Piquet
2009: Renault R29
2009: Renault R29
17/21

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Fernando Alonso, Nelsinho Piquet e Romain Grosjean
2016: Renault R.S.16
2016: Renault R.S.16
18/21

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Kevin Magnussen, Jolyon Palmer
2017: Renault R.S.17
2017: Renault R.S.17
19/21

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pilotos: Nico Hülkenberg, Jolyon Palmer, Carlos Sainz Jr.
2018: Renault R.S.18
2018: Renault R.S.18
20/21

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Pilotos: Nico Hülkenberg, Carlos Sainz Jr.
2019: Renault R.S.19
2019: Renault R.S.19
21/21

Foto de: Dom Romney / Motorsport Images

Pilotos: Nico Hülkenberg, Daniel Ricciardo
compartilhar
comentários
VÍDEO: Red Bull bate recorde de pit stop mais rápido na história da F1
Artigo anterior

VÍDEO: Red Bull bate recorde de pit stop mais rápido na história da F1

Próximo artigo

Por que o GP da Alemanha de 2019 ficará na história da Fórmula 1

Por que o GP da Alemanha de 2019 ficará na história da Fórmula 1
Carregar comentários