Racing Point e Ferrari retiram recursos contra decisão sobre 'Mercedes rosa'

Decisões encerram uma novela que se arrasta desde o começo da temporada 2020

Racing Point e Ferrari retiram recursos contra decisão sobre 'Mercedes rosa'

Após a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) punir a Racing Point com a dedução de 15 pontos do campeonato de construtores e com uma multa de 400 mil euros pelo fato de a equipe rosa supostamente ter copiado os dutos de freio da Mercedes de 2019, a polêmica teve mais um desdobramento neste fim de semana. Foi quando a Ferrari decidiu retirar a sua apelação em relação ao caso, encerrando a grande controvérsia da Fórmula 1 neste ano.

O editor recomenda:

A escuderia tomou tal decisão após a Renault, que foi o time mais engajado nos protestos contra a Racing Point, também 'desistir' do recurso. Neste domingo, a própria 'Mercedes rosa', que pleiteava reverter as punições, também retirou sua apelação.

Isso encerra uma novela que vem desde o começo da temporada. Apesar de a Racing Point não receber mais punições, as regras foram agora alteradas para 2021, o que levou a Renault a retirar o seu protesto. Em seguida, foram as vezes de Ferrari e da própria 'Mercedes rosa'.

PÓDIO: GP da Itália maluco! Gasly vence, Hamilton punido e Ferrari na maior "draga" em 35 anos

PODCAST: O que será da F1 no Brasil em 2021, sem Globo, pilotos e corrida?

 

.

compartilhar
comentários
Hamilton detona comissários por fechamento do pit lane: "Por que diabos?"
Artigo anterior

Hamilton detona comissários por fechamento do pit lane: "Por que diabos?"

Próximo artigo

GALERIA: GP da Itália é apenas a décima prova sem Mercedes no pódio desde 2014; veja lista

GALERIA: GP da Itália é apenas a décima prova sem Mercedes no pódio desde 2014; veja lista
Carregar comentários