Fórmula 1
R
GP de Portugal
30 abr
Próximo evento em
19 dias
06 mai
Próximo evento em
25 dias
20 mai
Próximo evento em
39 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
53 dias
10 jun
Próximo evento em
60 dias
24 jun
Próximo evento em
74 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
81 dias
29 jul
Próximo evento em
109 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
137 dias
02 set
Próximo evento em
144 dias
09 set
Próximo evento em
151 dias
23 set
Próximo evento em
165 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
172 dias
07 out
Próximo evento em
179 dias
21 out
Próximo evento em
193 dias
28 out
Próximo evento em
200 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
245 dias

Red Bull criou um “monstro” com Verstappen, diz John Watson

Ex-piloto da F1 e atual analista critica piloto holandês e garante que a Red Bull deva considerar devolvê-lo à Toro Rosso diante do acúmulo de erros

Red Bull criou um “monstro” com Verstappen, diz John Watson
Podium: race winner Alain Prost, second place Nelson Piquet, third place John Watson
The crashed cars of Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 and Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14 and Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 crash
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18 and Max Verstappen, Red Bull Racing RB14 battle
The damaged car of Max Verstappen, Red Bull Racing
Max Verstappen, Red Bull Racing walks away following his crash

Os erros cometidos ainda no começo da temporada de 2018 da Fórmula 1 fizeram com que Max Verstappen, piloto da Red Bull, fosse o centro de várias críticas.

Um dos comentários mais recentes contra o Verstappen veio de John Watson, ex-piloto da F1 e atual analista da categoria.

"A Red Bull criou um monstro, e depois de contratá-lo em um acordo multimilionário, ele acredita que é o piloto número 1 da equipe. Na verdade, a maneira como ele corre é como se ele ainda estivesse na F3", disparou Watson, que começou sua trajetória na F1 em 1973.

"Se comandasse a equipe (Red Bull), o trocaria por Pierre Gasly e o colocaria de volta na Toro Rosso (a equipe júnior da Red Bull para quem Gasly pilota), para aprender como ser um piloto de F1, até ele perceber que pilotar tão imprudentemente é perigoso", acrescentou Watson.

"Eles criaram um monstro e é difícil controlá-lo agora", concluiu o ex-piloto britânico.

compartilhar
comentários
Renault estende prazo de escolha de motor para Red Bull

Artigo anterior

Renault estende prazo de escolha de motor para Red Bull

Próximo artigo

Reginaldo Leme completa 40 anos de F1 na Globo

Reginaldo Leme completa 40 anos de F1 na Globo
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Kemal Şengül