Russell garante permanência apesar de rumores de Pérez: "Estarei no grid com a Williams"

compartilhar
comentários
Russell garante permanência apesar de rumores de Pérez: "Estarei no grid com a Williams"
Por:
, Editor

Britânico foi perguntado sobre a possibilidade na coletiva desta quinta antes do GP de Portugal

Antes da mudança de donos, a Williams havia anunciado que George Russell e Nicholas Latifi seguiriam com a equipe em 2021 na Fórmula 1. Mas, surgiram recentemente informações que de a Dorilton Capital e Sergio Pérez fizeram contato, deixando dúvidas sobre a permanência de Russell, algo que o britânico descarta.

Pérez, que sairá da Racing Point no final do ano para a chegada de Sebastian Vettel, segue em busca de uma vaga para 2021. E com a situação mais complicada na Alfa Romeo e na Haas, a Williams pode ser a saída do mexicano, já que seu apoio financeiro chamaria a atenção dos novos donos da equipe.

O editor recomenda:

A Dorilton pode favorecer ter, em um primeiro momento, dois pilotos com fortes patrocínios para 2021. Além de Pérez, Latifi também traz muito dinheiro para a equipe, deixando Russell na corda bamba.

Mas na coletiva desta quinta antes do GP de Portugal, Russell deixou claro que seu contrato segue válido para o próximo ano, e que tem zero preocupações sobre seu futuro na Williams.

"Tenho um contrato para o próximo ano com os novos donos. Nada mudou, de uma perspectiva contratual, mesmo com os novos donos. Eu ainda não falei com eles sobre isso porque, do meu lado, não há preocupações".

"Eles estarão aqui neste fim de semana. Tenho certeza que esclarecerão essas coisas, mas não me preocupo. Estarei no grid com a Williams em 2021".

Russell é membro da Academia da Mercedes e já foi ligado à uma possível vaga na equipe antes da decisão de manter Valtteri Bottas para 2021. O britânico disse que se aproximaria da Mercedes se tivesse preocupação com o futuro.

"Nas próximas semanas, se eu tiver motivos para me preocupar, estarei em contato com o pessoal da Mercedes. Sempre estamos em contato. Me sinto em uma posição privilegiada tendo o apoio deles".

"Se chegar a isso, falarei com eles, mas agora, não tenho motivos para isso".

Mas, apesar da fala de Russell, informações vindas do portal Racer afirmam que o piloto já pode estar em contato com outras equipes sobre 2021.

"É compreensível que exista a especulação, porque há muitos bons pilotos lutado por vagas como Sergio, a dupla da Haas e Hulkenberg. Então obviamente haverá rumores. Infelizmente, na F1, não há lugares para todos os que merecem estar aqui".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Neste fim de semana, a F1 visita Portimão, para o GP de Portugal. E em uma prova onde adaptação é essencial, a Mercedes e Hamilton podem respirar aliviados: o piloto ou a equipe venceram a edição inaugural das quatro últimas provas novas. Ele venceu em Mugello, Sochi e Austin. Já Rosberg venceu em Baku. Parece uma aposta certa não? Quer saber mais? Confira o ThePlayer.com e não perca nada!

CEO da F1 cita outros esportes e diz que categoria não pode usar “camisa de força” contra mudanças

Podcast – O mercado da F1 para 2021 e os 30 anos do bicampeonato de Senna

 

F1: Haas explica decisão de liberar Grosjean e Magnussen no final de 2020

Artigo anterior

F1: Haas explica decisão de liberar Grosjean e Magnussen no final de 2020

Próximo artigo

F1: Ferrari conclui desenvolvimento de 2020 com novidades aerodinâmicas em Portimão

F1: Ferrari conclui desenvolvimento de 2020 com novidades aerodinâmicas em Portimão
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos George Russell
Equipes Williams
Autor Luke Smith