Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
46 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
53 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
67 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
81 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
95 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
102 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
116 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
130 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
137 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
151 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
158 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
172 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
186 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
214 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
221 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
235 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
242 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
256 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
270 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
277 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
291 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
305 dias

Russell só viu luzes da largada no GP da Austrália através de reflexo

compartilhar
comentários
Russell só viu luzes da largada no GP da Austrália através de reflexo
Por:
Co-autor: Jonathan Noble
28 de mar de 2019 15:12

Novato da Williams sofreu o mesmo que o veterano companheiro Robert Kubica e teve problemas no começo da corrida em Albert Park

Novo piloto da Williams, George Russell só foi capaz de ver as luzes de largada em sua estreia na Fórmula 1, na Austrália, olhando para um reflexo das janelas ao lado da pista. "Eu parei no grid, olhei para cima, percebi que não conseguia ver nada e quase caguei nas calças", admitiu o novato britânico.

Russell, que largou na última fila, disse que o problema causou um início atribulado na prova de Albert Park: "Eu estava olhando em volta e acabei vendo as luzes através do reflexo das janelas do paddock. Minha largada foi terrível porque eu estava olhando em volta por alguns segundos, então percebi que era a quinta luz e que minha mão estava na posição errada".

Leia também:


Companheiro de Russell, Robert Kubica também seu queixou da visibilidade ruim das luzes em Melbourne. A FIA está trabalhando em uma solução. O órgão disse que as asas traseiras mais altas de 2019 bloquearam a visão de alguns pilotos.

Os spoilers são 70mm mais altos e 100mm mais largos por causa das mudanças aerodinâmicas aplicadas neste ano. Ainda não se sabe qual solução será implementada para a corrida deste fim de semana no Bahrein. A medida mais provável é adicionar um conjunto extra de luzes no meio do grid.

Russell disse que não sabe se o problema ocorrerá em outras pistas, embora as luzes de início sejam colocadas em uma altura padrão em cada circuito. "Na parte de trás do grid [em Melbourne], a pista desce ligeiramente, então a asa traseira do carro à frente parece mais alta", disse.

"Não tenho certeza se será um problema em todas as pistas, mas vamos descobrir no domingo, já que provavelmente estaremos em uma posição semelhante [na parte de trás do grid]”, comentou Russell.

George Russell, Williams Racing, in the drivers parade

George Russell, Williams Racing, in the drivers parade

Photo by: Joe Portlock / LAT Images

Próximo artigo
F1: Ricciardo recebe novo chassi da Renault para GP do Bahrein

Artigo anterior

F1: Ricciardo recebe novo chassi da Renault para GP do Bahrein

Próximo artigo

Hamilton: Racismo não mudará "por muito tempo" no mundo todo

Hamilton: Racismo não mudará "por muito tempo" no mundo todo
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos George Russell
Equipes Williams
Autor Scott Mitchell