Fórmula 1
25 set
Corrida em
18 Horas
:
05 Minutos
:
03 Segundos
R
GP de Portugal
23 out
Próximo evento em
26 dias
04 dez
Próximo evento em
68 dias
R
GP de Abu Dhabi
11 dez
Próximo evento em
75 dias

Sainz: ainda é cedo para julgar força que Ferrari terá em 2021

compartilhar
comentários
Sainz: ainda é cedo para julgar força que Ferrari terá em 2021
Por:
, Editor

O espanhol disse que não se preocupa com os resultados apresentados pela Ferrari no início da temporada

Durante a paralisação da Fórmula 1 por causa da pandemia, Carlos Sainz foi um dos grandes nomes dos bastidores, devido à sua contratação pela Ferrari para 2021. Mas os problemas de performance da equipe italiana no começo da temporada fizeram algumas pessoas questionarem se a decisão do espanhol foi a correta. Segundo ele, ainda é cedo para isso.

Sebastian Vettel e Charles Leclerc não conseguiram superar as McLarens no último final de semana na Áustria, e perdem cerca de um segundo por volta em comparação às Mercedes.

Leia também:

Como parte das medidas de corte de gastos, a Ferrari SF1000 será mantida para o próximo ano, com limitações de desenvolvimento tanto do carro quanto do motor.

Quando perguntado sobre sua opinião acerca da performance da Ferrari, Sainz disse que não era o momento certo para se aprofundar nas dificuldades ou mesmo se ele se arrependeria da decisão.

"Muitos estão me perguntando isso, se estou preocupado ou me arrependendo da decisão. Sinto que não é uma pergunta a ser respondida agora. Ainda está muito cedo".

"Precisamos ser pacientes. Acho que vocês viram o quanto que um carro pode mudar de um ano para o outro - olha o quanto a Racing Point mudou, o quanto a Ferrari mudou".

"O lado bom da Fórmula 1 é que isso nunca para, e por isso não estou preocupado sobre o que está acontecendo agora porque, em 265 dias, tudo pode mudar. Por isso estou focado no presente, na McLaren".

"Disse 100 vezes em entrevistas que meu objetivo neste ano é ser o melhor possível com a McLaren e que não vou focar na Ferrari. Assim que a temporada acabar, eu vou ter tempo de cair de cabeça na Ferrari e ver como fazer da próxima temporada uma melhor que a atual".

Anteriormente, Sainz já havia falado sobre a importância da estabilidade em seu futuro, após crescer com a McLaren no ano passado. Quando perguntado pelo Motorsport.com sobre a importância de ter um futuro garantido em meio ao drama do mercado de pilotos, Sainz disse que isso o permitiu manter o foco no presente.

"Já havia falado antes, quando assinei meu contrato de dois anos com a McLaren, que isso me deu confiança extra, que me faltava nas equipes anteriores. É uma margem de segurança, ajuda o piloto a não focar em outros assuntos.

"Estou feliz com a perspectiva para meu futuro. Estou feliz onde estou agora, isso impede minha mente de pensar em outras coisas".

Atualizações não trouxeram grandes mudanças

A Ferrari planejava trazer um grande pacote de atualizações para o GP da Hungria mas, após a performance ruim no GP da Áustria, resolveu adiantar parte das novidades para a Estíria, com o resto chegando neste final de semana. Mas Sebastian Vettel não acredita que isso mudará muita coisa para a equipe.

"Sabemos que as partes funcionaram", disse Vettel. "Gostaríamos que ela tivessem feito uma grande mudança, mas não parece. Precisamos confirmar isso em condições reais de corrida. Então acho que será interessante e mal posso esperar para ver o carro amanhã".

Leclerc tem uma visão realista sobre a situação da equipe.

"Estamos lutando em termos de performance, então não considero realista lutar por pódios no momento. Mas vamos tentar mudar isso. E estamos dando o nosso melhor para isso".

Perguntado se a natureza da pista da Hungria, com menos potência necessária, poderia beneficiar a Ferrari, Leclerc disse:

"Ano passado foi difícil. Nós sofremos na pista. Neste ano, temos um carro diferente. Com sorte, as mudanças irão nos ajudar. Mas duvido que seja muito diferente da semana passada. Então espero algo similar".

Irvine detona Vettel, que flerta com Racing Point; Pérez negocia com Alfa e Prost 'monitora' Alonso

PODCAST: Guerra de bastidores na F1 e entrevista exclusiva com Igor Fraga

 

Hamilton revela que conversou com pilotos que não ficaram de joelhos na Áustria

Artigo anterior

Hamilton revela que conversou com pilotos que não ficaram de joelhos na Áustria

Próximo artigo

McLaren: F1 corre risco de se tornar "campeonato de cópias" após decisão sobre Racing Point

McLaren: F1 corre risco de se tornar "campeonato de cópias" após decisão sobre Racing Point
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Carlos Sainz Jr.
Equipes McLaren , Scuderia Ferrari
Autor Luke Smith