Schumacher comemora primeira experiência com Ferrari: Me senti em casa

compartilhar
comentários
Schumacher comemora primeira experiência com Ferrari: Me senti em casa
Por:
2 de abr de 2019 18:05

Alemão disse que ficou “espantado” com a potência do carro na primeira vez que acelerou

Mick Schumacher, filho do heptacampeão mundial Michael, participou de seu primeiro teste de F1 com a Ferrari após o GP do Bahrein, embora ele já tenha guiado uma Benetton de 1994 em Spa.

Schumacher deu 56 voltas, em sessão que foi interrompida pela chuva, terminando em segundo, com Max Verstappen, da Red Bull, em primeiro, graças a uma tentativa com o composto de pneus mais macio, o C5.

Leia também:

Quando foi pedido para descrever como se sentiu ao guiar o SF90 pela primeira vez, ele disse: “Foi espantoso. A sensação de quando estava saindo na primeira vez, acelerando e tudo mais, era, tipo, 'essa coisa tem uma potência séria'.”

"Eu me senti bem. Há muito potencial no carro em termos de velocidade nas curvas, em tração e tudo, que é difícil de descrever e tenho certeza de que há muito mais por vir.”

“Foi legal, estava realmente me sentindo em casa.”

“Foi lindo fazer as primeiras voltas e, obviamente, ver todos os caras trabalhando com o carro, trabalhando comigo. Eu me senti muito confortável, me senti em casa.”

O alemão de 20 anos também se referiu à experiência como "inacreditável", "indescritível" e "muito legal", mas disse que achou "fácil" se concentrar na tarefa quando as emoções iniciais diminuíram.

“Toda vez que saía, aprendia algo novo, sobre como guiar o carro, sobre a sensação que eu tinha no carro, a sensação que eu estava procurando no carro. E acho que conseguimos isso muito bem.”

"Acho que a harmonia na equipe foi muito boa e aprendi bastante."

Schumacher não ficou desanimado por Verstappen, que foi seis décimos mais rápido no final.

“Obviamente, Max tem muita experiência, então, comparando a ele, acho que podemos ser muito felizes.”

“Fizemos o nosso trabalho e, no final, fiquei muito feliz com o que senti no carro e com a confiança que estava. Eu acho que foi um dia muito bom.”

Ele admitiu que foi "lamentável" perder alguma quilometragem extra devido à chuva, mas disse que planeja compensar isso quando guiar o Alfa Romeo C38 nesta quarta-feira.

“Estou apenas esperando voltar a correr novamente, ansioso para tentar melhorar os pontos que eu queria melhorar hoje. Não consegui tantas voltas, vou tentar realmente estender o plano de corrida de amanhã.”

Colaboração de Roberto Chinchero

Próximo artigo
Ex-presidente da Ferrari duvida de força mental de Vettel

Artigo anterior

Ex-presidente da Ferrari duvida de força mental de Vettel

Próximo artigo

Pietro Fittipaldi diz que se sentiu "confortável" em nova experiência com carro da F1

Pietro Fittipaldi diz que se sentiu "confortável" em nova experiência com carro da F1
Carregar comentários
Seja o primeiro a receber as últimas notícias