Schumacher: Estou pronto para substituir Grosjean em Abu Dhabi se necessário

O novo piloto da Haas vai andar com a equipe no TL1 do GP de Abu Dhabi e se colocou à disposição caso o francês não possa correr

Schumacher: Estou pronto para substituir Grosjean em Abu Dhabi se necessário

Após a confirmação de que pilotará a Haas a partir da temporada 2021 da Fórmula 1, Mick Schumacher afirmou que está pronto para adiantar sua estreia na categoria caso necessário, se a equipe pedir que ele substitua Romain Grosjean no GP de Abu Dhabi.

O filho do heptacampeão foi anunciado nesta quarta (02) e já está confirmado também para andar com a equipe no TL1 em Abu Dhabi, quando já estará livre de suas função com a F2.

Leia também:

O piloto reserva da Haas, Pietro Fittipaldi, substituirá Grosjean neste final de semana no GP do Sakhir, enquanto o francês busca voltar ao grid para o GP de Abu Dhabi. O piloto recebeu alta do hospital na manhã desta quarta e seguirá o tratamento contra as queimaduras sofridas no acidente de seu hotel.

Enquanto uma decisão sobre Grosjean não será feita até o início da próxima semana, Schumacher afirmou que ficaria feliz em adiantar sua estreia caso necessário.

"Acho que é ótimo se considerarem que estou pronto para isso. Eu sinto que estou. Obviamente, tendo três treinos livres, você tem um tempo para aprender. Seria um desafio, mas eu acho que conseguiria conhecer bem o carro, me preparando já para o próximo ano".

O chefe da Haas, Gunther Steiner, insiste que, até agora, não há discussões sobre a possibilidade de Schumacher correr.

"Não falamos sobre isso. Como disse antes, no momento, vou esperar para ver a situação de Romain na segunda. Foi o que acordei com ele. Temos pilotos suficientes na lista de espera então isso não é algo que me preocupa. Vamos tomar a decisão quando tivermos a certeza de que ele não poderá correr".

"Acho que ele poderá encerrar esse período com a Haas correndo. É o que eu gostaria de ver. Esse é o nosso objetivo. Eu disse a ele que apoio totalmente ele querer esse final e é isso que ele quer".

"Não iremos decidir nada antes de saber se ele poderá correr ou não".

Apesar de Schumacher andar com a Haas na sexta em Abu Dhabi, Steiner reduziu a importância dessa saída no TL1, sugerindo que a pré-temporada do próximo ano será mais importante.

"Temos apenas três dias de pré-temporada no próximo ano", disse ao Motorsport.com. "Isso é mais importante que um TL1. Acho que todos sabem minha opinião sobre isso. Não é um momento de grande aprendizado".

"Certamente o teste de pós-temporada em Abu Dhabi será bom, um dia inteiro com o carro é bom para todos. Mas o mais importante é um teste impecável antes do próximo ano, sem problemas na pré-temporada também, porque três dias é muito pouco".

Perguntado porque Schumacher e não Mazepin que recebeu a oportunidade de andar em Abu Dhabi no TL1, Steiner disse: "As coisas se desenrolaram assim. Não há uma análise ou história por trás disso, foi apenas o que aconteceu".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Detalhes de como Grosjean sobreviveu ao acidente e a Covid-19 de Hamilton; assista

PODCAST: O 'milagre' Grosjean e o que Pietro Fittipaldi pode fazer em sua estreia na F1

 

compartilhar
comentários
Todt revela que fez com que Grosjean falasse com a esposa assim que chegou ao centro médico

Artigo anterior

Todt revela que fez com que Grosjean falasse com a esposa assim que chegou ao centro médico

Próximo artigo

Mick Schumacher revela número escolhido para correr na F1 e afirma que não vê pressão em estreia

Mick Schumacher revela número escolhido para correr na F1 e afirma que não vê pressão em estreia
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Mick Schumacher
Equipes Haas F1 Team
Autor Adam Cooper