Schumacher mostra "sinais encorajadores", diz Brawn

compartilhar
comentários
Schumacher mostra "sinais encorajadores", diz Brawn
Por:

Ex-diretor técnico da Ferrari e chefe de equipe da Mercedes diz que há "sinais encorajadores" na recuperação de Michael Schumacher

Mercedes AMG F1 W05 com uma mensagem de apoio para Michael Schumacher
Ross Brawn, chefe da equipe Mercedes AMG F1 na coletiva da FIA
Michael Schumacher exhibition
Michael Schumacher, Benetton-Ford B191/191B
Michael Schumacher, Mercedes GP and Ross Brawn, Team Principal, Mercedes GP Petronas
Ross Brawn, chefe da equipe Mercedes AMG F1 na coletiva da FIA

Michael Schumacher - que competiu com Ross Brawn na Benetton, Ferrari e Mercedes - sofreu uma grave lesão na cabeça em acidente de esqui em 2013.

Depois de uma longa permanência no hospital, ele segue tratamento em casa, em Genebra, na Suíça.

"A família decidiu conduzir a convalescença de Michael em particular e devo respeitá-la", disse Brawn à BBC Sport.

"Há sinais encorajadores e rezamos todos os dias por vermos mais deles, então é difícil para mim dizer muito e respeitar a privacidade da família."

"Tudo o que eu diria é que há muitas especulações sobre a condição de Michael. A maior parte delas está errada. Apenas rezamos e esperamos todos os dias que continuemos a ver algum progresso e que um dia possamos ver Michael se recuperar de seus terríveis ferimentos."

Em setembro surgiu a notícia de que Schumacher não conseguia andar, por conta de um processo que a família moveu contra uma revista alemã, que relatou que o ex-piloto pudesse fazer o contrário.

Coluna do Massa: preparativos para um GP do Brasil especial

Artigo anterior

Coluna do Massa: preparativos para um GP do Brasil especial

Próximo artigo

Frank Williams deixa hospital após pneumonia

Frank Williams deixa hospital após pneumonia
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Michael Schumacher , Ross Brawn
Autor Charles Bradley