Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
20 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
34 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
62 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
69 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
83 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
97 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
104 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
118 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
125 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
139 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
153 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
181 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
188 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
202 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
209 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
223 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
237 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
244 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
258 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
272 dias

Sirotkin se sentiu “ofendido” ao deixar Williams após ano difícil

compartilhar
comentários
Sirotkin se sentiu “ofendido” ao deixar Williams após ano difícil
6 de fev de 2019 16:18

Russo admite que saída da F1 foi “um golpe” em seus planos, mas espera que antiga equipe dê a volta por cima e se recupere

Sergey Sirotkin admitiu que se sentiu “ofendido” com sua saída da Williams após um ano inteiro de dificuldades com a equipe inglesa na F1.

O russo correu ao lado de Lance Stroll na temporada de 2018, que acabou por ser uma das mais difíceis da história do tradicional time.

A Williams foi a última colocada no Mundial de Construtores, sendo que Sirotkin pontuou em apenas uma oportunidade, no GP da Itália. Porém, o russo não teve a oportunidade de apresentar progresso em 2019, já que a equipe trocou inteiramente sua dupla, utilizando Robert Kubica e George Russell.

Em entrevista ao jornal russo Izvestia, Sirotkin admitiu que sentiu o baque com a novidade. “Por um lado, as emoções diminuíram. Tive de voltar a Moscou. Por outro, claro, foi um golpe às minhas ambições. Me senti ofendido por deixar a F1 depois de uma temporada tão difícil e do trabalho que fiz no carro.”

Mesmo assim, Sirotkin espera que sua antiga equipe consiga se recuperar da má fase. “Apenas desejo boa sorte à Williams. Passei o ano inteiro à equipe, me esforçando muito no desenvolvimento do carro, então espero que, apesar das dificuldades internas, a equipe se desenvolva.”

Já fora da F1, Sirotkin se comprometeu a disputar a reta final da supertemporada do WEC pela equipe SMP Racing, da classe LMP1. 

Próximo artigo
Red Bull crê em bons progressos da Honda no inverno e volta a atacar Renault

Artigo anterior

Red Bull crê em bons progressos da Honda no inverno e volta a atacar Renault

Próximo artigo

Lançamento da Haas terá transmissão ao vivo do Motorsport.com

Lançamento da Haas terá transmissão ao vivo do Motorsport.com
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Sergey Sirotkin