Todt pede para deixarem “Schumacher viver sua vida em paz”

Amigo do heptacampeão, presidente da FIA é um dos poucos autorizados pela família a visitar o ex-piloto alemão

Todt pede para deixarem “Schumacher viver sua vida em paz”
Carregar reprodutor de áudio

Um dos poucos autorizados pela família de Michael Schumacher a visitar o heptacampeão da Fórmula 1, que se recupera em casa de um acidente de esqui em Méribel, no sul da França, no final de 2013, o presidente da FIA Jean Todt evita falar do estado de saúde do amigo, mas fez um pedido quando perguntado se sabe algo da atual situação do alemão.

“É momento de deixar Schumacher viver sua vida em paz", disse o francês ao jornal argentino La Nacion durante evento sobre segurança no trânsito em Montevidéu, no Uruguai.

Ex-diretor da Ferrari, Todt trabalhou com Schumacher na conquista de cinco dos sete títulos do alemão na Fórmula 1, entre 2000 e 2004, quando era piloto da escuderia de Maranello e construiu uma forte amizade com ele.

Leia também:

compartilhar
comentários
Mercedes admite que exigiu demais dos pneus de Bottas
Artigo anterior

Mercedes admite que exigiu demais dos pneus de Bottas

Próximo artigo

Haas revela contato de pilotos para lugar em 2019

Haas revela contato de pilotos para lugar em 2019