Fórmula 1
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

TOP-5: Grandes nomes que, assim como Alonso, não conseguiram ficar longe da F1

compartilhar
comentários
TOP-5: Grandes nomes que, assim como Alonso, não conseguiram ficar longe da F1
Por:
Co-autor: Scott Mitchell
1 de abr de 2019 19:55

Espanhol voltará a guiar um carro de F1 nesta semana, durante os testes pós-GP do Bahrein. A dúvida é: será que ele voltará a competir na categoria no futuro?

Fernando Alonso vai voltar ao volante de uma McLaren esta semana nos testes após o GP do Bahrein, mas insiste que não está em seus planos retornar à F1 em 2020.

O bicampeão mundial, que se afastou da F1 nesta temporada, disse que "voltar não está nos planos", apesar de admitir que "se algo acontecer e uma grande oportunidade chegar, eu provavelmente considerarei".

Leia também:

Ele também insistiu que não está sentindo falta da F1 no momento porque está “muito ocupado."

"Se eu estivesse relaxando em casa, talvez fosse diferente", disse ele.

Alonso é apenas o mais recente campeão mundial a buscar oportunidades fora do mundo da F1, ou dar uma pausa nas corridas, apenas para se encontrar de volta ao volante em pouco tempo.

Aqui estão cinco grandes nomes que fizeram exatamente o que Alonso pode fazer…

Galeria
Lista

Michael Schumacher, Ferrari, 2007-09

Michael Schumacher, Ferrari, 2007-09
1/5

Foto de: Ferrari Media Center

Apesar de sua saída da F1 no final de 2006, Schumacher, heptacampeão mundial, não estava acostumado a testar seus carros de F1 posteriormente. Talvez seu teste mais sério tenha sido em um F2007 em 2009, após a terrível lesão na cabeça de Felipe Massa no GP da Hungria, mas ele decidiu não ser o seu substituto. Em vez disso, ele retornou à F1 em tempo integral com a Mercedes um ano depois.

Mika Hakkinen, McLaren, 2006

Mika Hakkinen, McLaren, 2006
2/5

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Depois que seu período sabático se transformou em uma aposentadoria, o bicampeão retornou para um dia de testes com a McLaren em Barcelona em 2006. Ele correu ao lado de Lewis Hamilton, mas foi o mais lento do dia, e Mika permaneceu aposentado da F1.

Jean Alesi, McLaren, 2002

Jean Alesi, McLaren, 2002
3/5

Foto de: DaimlerChrysler

Após aposentadoria da F1 no final de 2001, Alesi permaneceu com a Mercedes no DTM. Tendo chegado perto de assinar pela McLaren em 1991, quando se juntou à Ferrari, Alesi ficou bem com Ron Dennis. Ele participou de um teste completo de três dias em Paul Ricard antes de concentrar suas atenções na categoria de carros de turismo.

Nigel Mansell, Jordan, 1996


Nigel Mansell, Jordan, 1996

4/5

Foto de: LAT Images

Após sua dramática saída da McLaren em 1995, Mansell retornou ao cockpit de um carro de F1 em Barcelona em 1996, testando para a equipe de Eddie Jordan. Embora não levasse a lugar nenhum, e Mansell nunca correria novamente na F1, ele guiou um Jordan mais uma vez - em 2004, em um evento de demonstração nas ruas de Londres.

Alain Prost, McLaren, 1994-96 & Red Bull, 2012 & ’14

Alain Prost, McLaren, 1994-96 & Red Bull, 2012 & ’14
5/5

Foto de: Red Bull Racing

O tetracampeão mundial testou em várias ocasiões para a McLaren. Seu fornecedor de motores, Peugeot, de 1994, chegou a tentar fazê-lo a sair da aposentadoria, mas Prost resistiu - já que ele estava sendo pago pela Williams para acomodar Ayrton Senna. Prost também testaria a McLaren, com motor Mercedes, em 1995 e 1996, e Red Bull, com a Renault, em 2012 e em 2014, como parte de seu papel como embaixador da fabricante francesa.

Próximo artigo
Assen tentará ser sede do GP da Holanda de F1

Artigo anterior

Assen tentará ser sede do GP da Holanda de F1

Próximo artigo

GALERIA: Schumacher inicia trabalho com a Ferrari em teste no Bahrein

GALERIA: Schumacher inicia trabalho com a Ferrari em teste no Bahrein
Carregar comentários