Fórmula 1
02 jul
-
05 jul
Evento encerrado
09 jul
-
12 jul
Evento em andamento . . .
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
6 dias
R
GP de 70º aniversário
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
27 dias
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
48 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
55 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Canceled
24 set
-
27 set
Próximo evento em
76 dias
08 out
-
11 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
104 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
111 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
125 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
139 dias

Moss, Massa e cia: conheça os recordes dos 'não-campeões' da F1

compartilhar
comentários
Moss, Massa e cia: conheça os recordes dos 'não-campeões' da F1
22 de abr de 2020 11:13

Piloto britânico lidera várias estatísticas, enquanto brasileiro e Barrichello são destaque em alguns quesitos

Nos últimos dias, a comunidade do esporte a motor celebrou o legado de Stirling Moss, lenda da Fórmula 1 que não conquistou títulos da categoria. Além dele, outros ícones das pistas marcaram época na elite do automobilismo, mas não foram campeões.

Leia também:

Tendo isso em vista, o Motorsport.com elaborou uma galeria com os maiores recordes de pilotos que não venceram uma temporada da F1. Além de Moss, os brasileiros Felipe Massa e Rubens Barrichello são nomes de destaque. Confira:

Galeria
Lista

Mais vices: Stirling Moss (4)

Mais vices: Stirling Moss (4)
1/21

Foto de: LAT Images

O 'campeão sem título' foi vice de 1955 a 1958. Depois, com três cada, Jacky Ickx, Ronnie Peterson e Rubens Barrichello.

Mais vitórias: Stirling Moss (16)

Mais vitórias: Stirling Moss (16)
2/21

Foto de: LAT Images

O britânico também domina esta estatística, à frente de David Coulthard (13) e Carlos Reutemann (12), que fecham o 'pódio'.

Mais vitórias consecutivas: Stirling Moss (3)

Mais vitórias consecutivas: Stirling Moss (3)
3/21

Foto de: Sutton Motorsport Images

A lenda é o único piloto sem título a ter três triunfos consecutivos, conquistados entre o fim de 1957 e o começo de 1958.

Mais vitórias na mesma temporada: Felipe Massa (6)

Mais vitórias na mesma temporada: Felipe Massa (6)
4/21

Foto de: Andrew Ferraro / Motorsport Images

Vice de 2008, o brasileiro ganhou seis provas, com aproveitamento de 33,33% naquele campeonato. Moss, com quatro vitórias em 1958, tem índice de 36,36%.

Mais vitórias por diferentes construtores: Stirling Moss (5)

Mais vitórias por diferentes construtores: Stirling Moss (5)
5/21

Foto de: LAT Images

O britânico venceu por Cooper, Lotus, Maserati, Mercedes e Vanwall. Dan Gurney, Carlos Reutemann e Gerhard Berger venceram por três fabricantes diferentes.

Mais pole positions: René Arnoux (18)

Mais pole positions: René Arnoux (18)
6/21

Foto de: LAT Images

O piloto francês supera Moss e Massa, que têm 16. Percentualmente, Moss leva vantagem, com média de 24,24%.

Mais poles consecutivas: Stirling Moss e Juan Pablo Montoya (5)

Mais poles consecutivas: Stirling Moss e Juan Pablo Montoya (5)
7/21

Foto de: Williams F1

O britânico conseguiu a marca entre o GP de Portugal de 1959 e o GP de Mônaco de 1960. Montoya conseguiu a mesma quantidade entre os GPs de Mônaco e da França em 2002.

Mais poles na mesma temporada: Ronnie Peterson (9)

Mais poles na mesma temporada: Ronnie Peterson (9)
8/21

Foto de: LAT Images

O 'Super Sueco' conseguiu incríveis nove poles no ano do bi de Jackie Stewart. Montoya fez sete poles em 2002.

Mais poles com diferentes construtores: Stirling Moss (5)

Mais poles com diferentes construtores: Stirling Moss (5)
9/21

Foto de: LAT Images

O recorde do britânico é absoluto, considerando inclusive os campeões da F1. Entre os que não venceram títulos, Rubens Barrichello (4) vem logo atrás de Moss.

Mais poles seguidas de vitórias: Stirling Moss e Felipe Massa (8)

Mais poles seguidas de vitórias: Stirling Moss e Felipe Massa (8)
10/21

Foto de: Ferrari Media Center

Os dois pilotos estão empatados na proporção tendo em vista que fizeram o mesmo número de poles (16).

Mais pódios: Rubens Barrichello (68)

Mais pódios: Rubens Barrichello (68)
11/21

Foto de: Mark Thompson

O brasileiro está à frente de David Coulthard (62), Carlos Reutemann (45) e Gerhard Berger (45).

Mais pódios consecutivos: Carlos Reutemann e Juan Pablo Montoya (8)

Mais pódios consecutivos: Carlos Reutemann e Juan Pablo Montoya (8)
12/21

Foto de: Sutton Motorsport Images

Igualdade entre ícones sul-americanos da F1.

Mais pódios em uma temporada: Valtteri Bottas (15)

Mais pódios em uma temporada: Valtteri Bottas (15)
13/21

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

O finlandês obteve a marca em 2019, rompendo os 14 pódios alcançados por Barrichello em 2004.

Mais pódios com diferentes construtores: Stirling Moss (6)

Mais pódios com diferentes construtores: Stirling Moss (6)
14/21

Foto de: LAT Images

Novamente, a lenda da Inglaterra domina uma estatística, tendo chegado ao top-3 com BRM, Cooper, Lotus, Maserati, Mercedes e Vanwall. Entre fabricantes de motores, Barrichello é o líder (Ferrari, Ford Cosworth, Hart, Honda, Mercedes e Peugeot).

Mais corridas em que pontuou: Felipe Massa (165)

Mais corridas em que pontuou: Felipe Massa (165)
15/21

Foto de: Sutton Motorsport Images

O piloto brasileiro é o líder neste quesito, embora seja necessário ponderar que o índice de abandonos diminuiu ao longo dos anos, além de a zona de pontuação ter aumentado. Barrichello vem logo na sequência, com 140.

Mais corridas em que pontuou consecutivamente: Valtteri Bottas (22)

Mais corridas em que pontuou consecutivamente: Valtteri Bottas (22)
16/21

Foto de: Gareth Harford / Motorsport Images

O finlandês conseguiu o recorde entre os GPs da Grã-Bretanha de 2018 e de 2019. O holandês Max Verstappen vem atrás com 21.

Piloto que levou mais construtores à zona de pontuação: Andrea de Cesaris (9)

Piloto que levou mais construtores à zona de pontuação: Andrea de Cesaris (9)
17/21

Foto de: Ercole Colombo

O italiano pontuou com Alfa Romeo, Brabham, Dallara, Jordan, Ligier, McLaren, Rial, Sauber e Tyrrell, sendo o recordista absoluto de toda a F1.

Mais voltas mais rápidas: Gerhard Berger (21)

Mais voltas mais rápidas: Gerhard Berger (21)
18/21

Foto de: LAT Images

O austríaco fez o giro mais veloz de um GP em 21 oportunidades, contra 19 de Moss e também de Mark Webber.

Mais GPs disputados: Rubens Barrichello (322 largadas)

Mais GPs disputados: Rubens Barrichello (322 largadas)
19/21

Foto de: Alessio Morgese

O brasileiro é o líder absoluto de provas da F1, à frente do campeão de 2007, Kimi Raikkonen. Entre os não-campeões, Massa é o segundo (269) e Patrese o terceiro (256). Barrichello também é o não-campeão com mais temporadas (19, de 1993 a 2011).

Mais hat-tricks (pole, vitória e volta mais rápida): Stirling Moss, Jacky Ickx e Felipe Massa (4)

Mais hat-tricks (pole, vitória e volta mais rápida): Stirling Moss, Jacky Ickx e Felipe Massa (4)
20/21

Foto de: LAT Images

Empate entre o britânico, o belga e o brasileiro.

Mais grand chelems (hat-trick com todas as voltas lideradas): empate múltiplo (1)

Mais grand chelems (hat-trick com todas as voltas lideradas): empate múltiplo (1)
21/21

Foto de: LAT Images

Moss, Jo Siffert, Ickx, Clay Regazzoni, Jacques Laffite, Gilles Villeneuve e Berger fizeram um grand chelem cada.

VÍDEO: Os 5 pilotos da F1 que mereciam ter sido campeões e ficaram sem título

PODCAST Motorsport.com: Quais pilotos brasileiros não tiveram sorte na F1?

 

Próximo artigo
Podcast #039 - Quais pilotos brasileiros não tiveram sorte na F1?

Artigo anterior

Podcast #039 - Quais pilotos brasileiros não tiveram sorte na F1?

Próximo artigo

Vettel: título da F1 não seria desvalorizado por poucas corridas na temporada

Vettel: título da F1 não seria desvalorizado por poucas corridas na temporada
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1