Verstappen culpa acidente de Magnussen por ausência em Q3

Holandês acredita que má sorte interferiu em seu desempenho na classificação para GP do Canadá

Verstappen culpa acidente de Magnussen por ausência em Q3

Entre os pilotos que costumam frequentar a parte da frente do grid atual da F1, a grande ausência na última parte do treino classificatório para o GP do Canadá foi Max Verstappen.

O representante da Red Bull não conseguiu tirar o melhor de seus pneus médios durante o Q2 e deixou para a última hora para tentar seguir na sessão.

Mas quis o destino que quando o holandês estava para finalizar sua volta, a Haas de Kevin Magnussen estampou os muros de Montreal, trazendo a bandeira vermelha e, consequentemente, a impossibilidade de melhora de Verstappen.

Leia também:

O piloto sairia da 11ª posição, mas com a punição a Carlos Sainz, ele fechará a quinta fila. Ele pode conseguir mais um lugar, caso o próprio Magnussen largue do pitlane. 

"Hoje foi apenas má sorte. Eu estava fazendo uma volta para melhorar e entrar no Q3, mas a bandeira vermelha foi acenada bem na frente dos meus olhos. Eu diria que é apenas má sorte, o que eu poderia ter feito?".

"No momento, não estou interessado em descobrir com quais pneus eu vou começar amanhã, mas meu ritmo deve ser bom. Conseguirei recuperar algumas posições, mas lutar com a Mercedes e a Ferrari será muito difícil amanhã."

compartilhar
comentários
PLACAR F1: Veja como estão as brigas internas nas equipes antes do GP do Canadá

Artigo anterior

PLACAR F1: Veja como estão as brigas internas nas equipes antes do GP do Canadá

Próximo artigo

Vettel extravasa felicidade com pole e destaca trabalho duro da Ferrari

Vettel extravasa felicidade com pole e destaca trabalho duro da Ferrari
Carregar comentários