Vettel admite que foi muito conservador no Q3

Mesmo tendo que pagar uma punição por troca de câmbio, alemão não conseguiu acompanhar as Mercedes

Vettel admite que foi muito conservador no Q3
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Sebastian Vettel, Scuderia Ferrari
Sebastian Vettel, Scuderia Ferrari
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Carregar reprodutor de áudio

Sebastian Vettel perderá cinco posições no grid, devido a uma penalidade por mudar a caixa de câmbio. Mesmo assim, na pista, ele terminou atrás das duas Mercedes e da Force India de Nico Hulkenberg.

O alemão foi o mais rápido no último treino livre e acredita que tinha ritmo para ir mais longe na classificação:

"Eu não acho que isso tenha algo a ver com o treino", disse Vettel ."No final, foi uma questão de sorte e quanto risco cada um queria assumir", sobre as condições da pista.

"Conforme você fazia as voltas, as condições ficavam melhores. Eu não assumi os riscos, mas acho que os carros atrás de mim tiveram melhores condições de pista também."

"Isso não é uma desculpa, isso é um fato. Mas, como eu disse, eu deveria ter arriscado mais."

Ele acrescentou: "acho que estive muito bem nesta manhã. A sensação foi muito boa, o carro estava ótimo. Isso deve ser uma boa notícia para amanhã, com uma corrida bastante forte."

Vettel reconhece, no entanto, que a Ferrari está com estratégia de pneus melhor do que a Mercedes. Ele e Kimi Raikkonen vão começar com supermacios.

"Pensamos que isso é uma vantagem. Caso contrário, teríamos ido com os ultramacios. Eu acho que outras pessoas tiveram o mesmo pensamento. Alguns conseguiram e outros não, se você observar o Q2."

compartilhar
comentários
Punido, Rosberg elogia trabalho da equipe para classificação
Artigo anterior

Punido, Rosberg elogia trabalho da equipe para classificação

Próximo artigo

Saindo em último, Nasr quer tentar algo diferente para prova

Saindo em último, Nasr quer tentar algo diferente para prova