Volkswagen envia membro para reunião de motores da F1

Conglomerado, dono de marcas como Audi e Porsche, será representado por Stefano Domenicali, ex-Ferrari, em reunião em Paris

Volkswagen envia membro para reunião de motores da F1
FIA logo
Stefano Domenicali, Lamborghini Chairman and Chief Executive Officer
Felipe Massa, Kimi Raikkonen e Stefano Domenicali
Stefano Domenicali e Norbert Haug
Porsche WEC 2017
Carregar reprodutor de áudio

A reunião de fabricantes de motores da F1, que será realizada na sede da FIA, em Paris, na próxima sexta-feira (31), não terá apenas a presença das empresas que já competem na categoria. O Grupo Volkswagen também será representado no encontro por Stefano Domenicali, ex-chefe da Ferrari na F1.

A informação foi divulgada pelo jornal alemão Auto Bild. A Volkswagen é dona de diversas marcas de destaque do setor automotivo, como Audi, Porsche, Bentley, Bugatti e Lamborghini – esta última tem Domenicali como seu diretor executivo.

O encontro terá como objetivo discutir os rumos da F1 quanto à tecnologia de motores, já que as atuais unidades de potência V6 turbo híbridas estão garantidas na categoria somente até 2020. 

No entanto, a própria Volkswagen afirmou que, mesmo que a participação na reunião aconteça, sua entrada na F1 não é considerada no momento. “Nosso ingresso na F1 não é uma de nossas preocupações”, disse um porta-voz.

Ainda de acordo com o Auto Bild, a expectativa é de que haja pelo menos oito fabricantes representadas. Além de Mercedes, Ferrari, Honda e Renault, também espera-se a presença de uma outra empresa japonesa e da independente Cosworth. 

compartilhar
comentários
Coluna do Felipe Massa: Ferrari pode ser campeã
Artigo anterior

Coluna do Felipe Massa: Ferrari pode ser campeã

Próximo artigo

Pesquisa Global: Alonso aparece como o mais popular da F1

Pesquisa Global: Alonso aparece como o mais popular da F1